quarta-feira, 22 de setembro de 2010

entrevistei: Jota Mossadihj

 Jota Mossadihj, do Sexxx Church

Eles acreditam nos valores mais estritos da moral cristã, como a virgindade. Sexo: só depois do casamento. Para eles, pornografia é um vício. E, para combatê-la, insistem numa aproximação entre pornógrafos e Deus. “Jesus ama os atores pornô”; “É possível ser puro”; “Pense com a de cima”, “Não espanque o palhaço” são alguns dos slogans usados pelo grupo para espalhar a fé cristã pelos lugares mais improváveis: prostíbulos, baladas, a Parada Gay de São Paulo.
Embora tenha o termo em inglês no nome, o Sexxx Church não é uma igreja, mas um grupo formado por jovens missionários que pregam o evangelho com o objetivo de atrair a “geração MTV”, como define Jota Mossadihj. “A igreja já condenou muito. Nós queremos nos aproximar dos pecadores e das pessoas que erram”, explica o designer de 26 anos. Tatuagens no braço, Jota tem o perfil dos novos cristãos da chamada igreja emergente, movimento que surgiu na Inglaterra e que congrega denominações que oferecem cultos alternativos para a juventude.
Em vez dos sermões aborrecidos e condenatórios da igreja tradicional, os seguidores dessa corrente religiosa apostam numa combinação criativa entre espiritualidade, cultura pop e vida em comunhão. Assim, ninguém precisa mudar o jeito de falar, de se vestir ou as preferências musicais para se assumir como cristão. É fé sob medida, à imagem e semelhança de modernos de todas as tribos. Nos encontros do grupo, bandas de rock tocam canções de artistas como Coldplay e Radiohead.
O Sexxx Church, além de combater a pornografia – “um ato físico grotesco”, segundo Jota – pratica a chamada “teologia da inclusão”, levando suas ideias religiosas aos “pecadores”. Estiveram, por exemplo, em uma das edições da Erótika Fair, em São Paulo, evento dedicado à indústria do prazer. Entre vibradores e bonecas infláveis, o designer é categórico: “Queremos estar com as pessoas que precisam de Cristo”. Por e-mail, Jota Mossadihj concedeu a seguinte entrevista:

Qual é a sua religião?
Sou cristão. Faço parte da Vineyard Capital, igreja que fica na Rua Augusta, em São Paulo, em frente de praticamente todos os prostíbulos do universo.

Qual é a sua função no Sexxx Church?
Sou apenas mais um na engrenagem do grupo.

Como surgiu o Sexxx Church?
O grupo foi fundado em 2007. Sentimos a necessidade de esclarecer que sexo, pornografia, escolha sexual não são um bicho de sete cabeças, como muitos costumam falar e, quando falam, fazem de maneira errada.

Em linhas gerais, o que é o Sexxx Church? Pode ser chamado de igreja?
Não é igreja, nem vai ser igreja. O Sexxx Church é um grupo que ajuda as pessoas envolvidas com pornografia a se aproximarem de Cristo. Definitivamente não é igreja, nem será igreja.

Vocês atuam apenas em São Paulo? Ou há grupos em outras cidades brasileiras?
A base é em São Paulo. Mas frequentemente vamos a lugares fora de São Paulo para ministrar “palestras”, dentro e fora da igreja. Na última edição da Erótika Fair, alugamos um estande para falarmos sobre abuso sexual infantil. Queremos estar com as pessoas que precisam de Cristo.

Qual é a missão do Sexxx Church?
O grupo foi criado para trazer consciência, abertura, responsabilidade e recuperação para a igreja, a sociedade e os indivíduos que tenham problemas com a pornografia, além de mostrar, por meios criativos e não condenatórios, as consequências da pornografia e do sexo fora do casamento. Acreditamos que essa é a melhor forma de agir para gerarmos verdadeiros impactos na “geração MTV”: ações criativas. A igreja já condenou demais. Nós queremos nos aproximar dos pecadores e das pessoas que erram. Amamos os pecadores. Amamos as prostitutas.

Qual o perfil profissional das pessoas que fazem parte do grupo?
São jovens normais. Não somos ex-atores pornôs, nem ex-prostitutas. Somos designers, sexólogos, psicólogos, pastores e pessoas que simplesmente querem andar juntas.

Quais os mandamentos do Sexxx Church que seus adeptos devem seguir?
Não temos mandamentos. Temos escolhas e consequências. Se você quiser levar uma vida plena e correta, você não pode avacalhar, comendo todas as menininhas sem camisinha. Um dia, as consequências vão chegar, com filhos ou doenças. O lance não é ter mandamentos, o lance é amar Cristo, que não exige nada além do seu amor.

Vocês estão ligados a alguma igreja?
Estamos ligados a muitas igrejas, mas a maioria das pessoas do Sexxx Church é da Vineyard Capital (associação de igrejas fundada nos EUA nos anos 1970 e que reúne denominações que cultivam os mesmos valores e princípios).

Quando acontecem e como são os encontros promovidos pelo Sexxx Church?
Não temos nada fixo. Quando uma igreja nos chama, nós vamos. E conversamos sobre pornografia. Às vezes, há música ao vivo, com bandas tocando desde canções da Vineyard até Coldplay e Radiohead.

O que é pecado para o Sexxx Church?
Tudo aquilo que é contra a vontade de Deus. Simples.

O que querem quando dizem que o objetivo do Sexxx Church é aproximar os viciados em pornografia de Deus?
O vício acontece de duas maneiras: 1) pelo abuso sexual quando a pessoa é criança, criando sequelas como o vício em masturbação ou algo assim; 2) acessando e se alimentando de pornografia leve – quando a pessoa entra na página de um grande portal e vê aquelas notícias sexuais seguidas de fotos sensuais de modelos seminuas. A pornografia apresenta um sexo irreal. Nela não há romantismo, expressões de ternura, como a santidade do leito conjugal, o diálogo, o respeito mútuo, as preliminares que fazem parte da intimidade do casal. O que a pornografia apresenta é um sexo desprovido de amor. É apenas um ato físico grotesco. Tratar esse vício exige coragem. É preciso encontrar alguém de confiança para ajudar nos momentos de vacilo. É necessário instalar em seu computador um filtro para evitar a procura pela pornografia. Sair disso não é fácil, mas é preciso que se dê o primeiro passo.

O que vocês foram fazer na Parada Gay de São Paulo? Homossexualidade é pecado? Onde mais vocês costumam “pregar” suas ideias?
Fomos distribuir água de graça. E nos relacionar. Há muitos anos, a igreja vem tratando os homossexuais como a pior categoria dos pecadores. Queremos mudar isso. Queremos mostrar que é possível você caminhar com Cristo mesmo na Parada Gay. Segundo a Bíblia, homossexualismo é pecado igual ao homem que trai sua esposa. Costumamos falar de Cristo em prostíbulos, baladas, na Erótika Fair e onde você quiser.

Sexo só depois do casamento?
Nós não inventamos a roda. Nós seguimos a Bíblia e, segundo ela, sexo só mesmo casado. O que não é ruim. Casamento é muito style.

Texto originalmente publicado na revista SPOT.

Nenhum comentário:

Postar um comentário