quarta-feira, 27 de outubro de 2010

O importante é começar imediatamente

Colbert

Muitas vezes a gente desiste antes mesmo de iniciar um novo projeto. Por medo, preguiça ou descrença. Para aliviar a culpa por nossa bundamolice, costumamos inventar mil desculpas para não seguir em frente: “Ah, vai demorar muito!” ou “Isso vai exigir de mim um esforço que não sou capaz de suportar!”.

Confesso que sou PhD em desistências. Já deixei vários projetos/sonhos pelo caminho por absoluta inércia.

Por isso, reproduzo aqui uma história edificante que pode nos fazer pensar duas vezes antes de pular fora do barco. O episódio é sobre Colbert, o grande ministro de Luís XVI.

A França estava precisando muito de barcos para enfrentar o poderio crescente da Inglaterra. Não havia faias suficientes para fazer mastros. Colbert mandou chamar os administradores florestais do rei e pediu-lhes que plantassem faias.

     - “Mas, Vossa Excelência”, responderam-lhe, “são necessários cem anos para que uma faia atinja a altura de um mastro.”

     - “Oh”, disse Colbert, “nesse caso, temos de começar imediatamente!”

Moral da história: não interessa o tempo nem o esforço necessários para uma reviravolta em nossas vidas. O importante é começar imediatamente.

Afe! Acho que estou meio Paulo Coelho hoje, não?

5 comentários:

  1. Rolou um clima auto-ajuda. Então, como gosto de estar sempre no clima, te mando um beijo no coração. De nada. ;-)

    ResponderExcluir
  2. Johann, obrigado "pelo beijo no coração". Mando de volta um coração "desenhado" com as mãos. Sabe qual é, né?

    ResponderExcluir
  3. Entendo suas desistências. Achamos que não conseguiremos cumprir certas obrigações e, com medo do fracasso, não chegamos ao fim.

    Essa semana, por causa do meu projeto final na faculdade, desisti de um curso de línguas, depois de 18 meses quase ininterruptos fazendo-o.

    A desistência envolve muitos fatores, inclusive a falta de tempo. E fazer qualquer coisa sem a dedicação total nos obriga a parar, sim, infelizmente.

    Focar a vida profissional também pede que cancelemos muitos projetos, porque, no começo, ou arranjamos grana pra sobreviver, ou realizamos alguns sonhos.

    Mas tenho surtos de otimismo e acredito que vamos conseguir voltar aos projetos. Que você recomece os seus imediatamente, Marcos :) Boa sorte!

    Beijão!

    ResponderExcluir
  4. Estava a procura de algo sobre idiota e encontrei no seu blog. Achei interessante e postei no nosso blog. Confira:

    http://enfermoenfe.blogspot.com/2010/11/o-que-queremos-ser-enquanto-auxiliares.html

    Vânia Machado- integrante do movimento dos auxiliares e técnicos de enfermagem do RN pela paridade no sistema COFEN/COREN(nossos conselhos, nacional e regional)iniciado no 13º CBCENF em Natal, nos dias 15 à 18.10.10.

    ResponderExcluir