terça-feira, 30 de novembro de 2010

O segredo de Gerson

Marcelo Antony em cena de "Passione"

Responda sem pestanejar: existe “sexo limpo”?

Gerson, personagem de Marcelo Antony em “Passione”, enfim, revelou o seu SEGREDO depois de meses de suspense. E foi decepcionante. Ele é “viciado” em “sexo sujo”.

Mas o que é “sexo sujo”, hein, Gerson?

Segundo o personagem, em sessão descarrego com o psiquiatra Flávio Gikovate, “sexo sujo” são revistas pornográficas, sites de conteúdo erótico, prostituas gordas, homossexuais transando no banheiro público.

“Eu gosto de tudo o que é mais sujo e pervertido em relação ao sexo”, revelou Gerson. E a gente descobriu – sem entender nada – que o segredo de Gerson é apenas o segredo de todos nós. Simples assim.

E, fala sério, nem é tão segredo assim que a gente gosta de uma boa putaria. Seja no “banheirão” do metrô, numa rapidinha com uma prostituta de beira de estrada, navegando por sites pornográficos ou se trancando no banheiro com a “Playboy” da Cléo Pires.

Se isso é “sexo sujo”, o que é “sexo limpo”?

É o “sexo branco”, heterossexual, reprodutivo, praticado sob a bênção de Deus? O papai-e-mamãe de luz apagada? Sexo com amor é “limpo”? Sem amor, não é?

Sei não, mas acho que há algo de preconceituoso nesse papo furado de “sexo sujo”, sempre ligado à potência sexual “selvagem” dos negros, à “promiscuidade” dos homossexuais e à “vida fácil” das prostitutas. Gente que circula pelos “inferninhos” da vida, onde o cheiro é fétido e o desejo, proibido.

Moralista, o segredo de Gerson mostrou, mais uma vez, que a TV Globo é a principal e mais nociva porta-voz de uma “educação moral e cívica” baseada na discriminação pura e simples daqueles que não se encaixam no seu excludente “padrão de qualidade”.

Entre Gersono homem branco e rico e a prostituta pobre e gorda que o atrai sexualmente, há um muro que deve permanecer de pé. Quando esses dois "mundos" se aproximam, vira doença, piração, tara, vergonha. Que isso, seu Silvio de Abreu? 

2 comentários:

  1. e o pior q o autor da novela é daqueles q, como dizia Aracy de Almeida, "não resta a menor dúvida".

    ResponderExcluir
  2. Eu achei tão absurdamente ridícula essa história que começo a acreditar em uma teoria conspiratória de que o autor mudou o roteiro do personagem por algum motivo. No início da novela, havia um burburinho de que teria um pedófilo na trama e que possivelmente seria esse personagem - o Gerson. nos res†a agora imaginar o porque dessa mudança, sendo que a Globo sempre abraça essas campanhas sociais em suas novelas. Muito estranho isso. A explicação que me ocorre é que a estrutura da trama não comportava tal personagem e só perceberam isso depois. Enfim, não sei. São especulações. Mas que essa história está mal contada, (duplo sentido, oi?) isso não tenho dúvidas.

    ResponderExcluir