terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Eu e meu iPad

Da série Crônicas Nipônicas

Toyota

Estava em uma loja de produtos usados na cidade de Toyota, onde meu irmão mora com a família. De repente, vi um reluzente iPad na vitrine. Aparência de novo, preço de usado. Não resisti. Comprei o dito cujo.

Agora, o tal iPad está aqui, ao meu lado, e eu não sei o que fazer com ele. Descobri que posso viver muito bem sem o tablet da Apple. Então, por que diabos eu comprei?

Simples: porque sou um idiota!

Me rendi ao “hype”, ao burburinho “fashion” em torno de um aparelho eletrônico de que não necessito, não faço questão de ter, não acrescenta nada a minha vida.

Logo eu, que procuro evitar ao máximo o consumo de inutilidades!

Não pense que sou pão-duro. Apenas não achei meu dinheiro no lixo para cair nessa conversa fiada de que produtos de grife fazem de mim uma pessoa melhor ou mais bonita.

Essa é a grande MENTIRA do século.

Mentira que está transformando os deslumbrados jecas em reféns/cúmplices das etiquetas de luxo: “Com que inocência demito-me de ser / Eu que antes era e me sabia [...] Agora sou anúncio / Ora vulgar ora bizarro / Em língua nacional ou em qualquer língua”, observa Drummond em “Eu Etiqueta”.

Ai, que raiva de mim! Batalho para me manter à distância segura do oba-boa de boutique dos “cheirosinhos”, e percebo – estupefato! – que comprei o iPad por fraqueza de espírito, para me sentir incluído no Clube das Sedosas.

Pode me chicotear. Eu mereço!

3 comentários:

  1. Hehe eu estou louco para comprar um. para quem trabalha com computador o dia inteiro como eu, será uma mão na roda para acessar emails e fazer revisões de texto fora fora da mesa de trabalho.

    ResponderExcluir
  2. Acho que os tablets vão assumir o logar dos notes e leitores digitais. Tô afim de comprar um Galaxy Tab pela variedade de funções, mas nunca mais um Apple. Comprei um Iphone, confesso mais pela marca que por qualquer outra coisa, e me arrependi, pois tornei-me refém da Apple/Itunes, e hoje, o que me espanta é ver que mesmo com todo o incoveniente, as pessoas continuam usando (na verdade ostentando) com suas caras blasé, como se fosse muito bom.

    ResponderExcluir
  3. Eu troquei meu PC pór um MAC e só quero saber de Apple; rWindows nunca mais. A qualidade dos produtos Apple é incomparável.

    ResponderExcluir