domingo, 13 de fevereiro de 2011

A negação do corpo

Pau escuro? É preciso "dar um jeito" (Foto: Dash Snow)

Da série Encanações Absurdas:

Leitor: Meu pênis é bem mais escuro do que o resto da minha pele. Preciso passar algum creme para clareá-lo?

Médico: Desde a puberdade os hormônios masculinos determinam um escurecimento normal da pele do pênis e do escroto, sem que isso signifique qualquer problema. Não encane com isso – essa coloração mais escura é totalmente normal. E não existe creme para clarear essa parte do corpo.

Quem esclarece o leitor acima é o médico Jairo Bouer. Outra:

Leitor: Eu já tinha reparado que a pele do meu pênis é bem mais escura do que o resto do corpo, mas minha namorada, não. Agora ela viu e diz que é feio e que preciso dar um jeito. Ela trabalha em um salão de beleza. Quero que ela fique satisfeita. Existe creme para clarear essa região?"

Psicóloga: Desculpe, leitor, mas sua namorada passou de todos os limites na tentativa de expandir suas atividades de "embelezadora profissional". Diga não. Que ela pare com essas loucuras já. A cor da pele do órgão sexual não se muda assim, como se fosse uma axila escurecida [...]

Essa foi respondida pela psicóloga Carolina Ribeiro no jornal “Agora”.

Não resisti. Dei uma espiada no “pintinho amarelo”. É verdade: a pele do pau é mais escura se comparada ao restante do corpo.

Já escrevi aqui sobre um tal “clareamento anal” no post Nota Sobre o Orifício Circular Corrugado. Agora, descubro que há meninos (e meninas) preocupados com o escurecimento natural da pele do pênis. Opa! Deu a louca no mundo? Ou sou eu que estou por fora dos últimos acontecimentos?

Logo, a indústria da beleza deve inventar algum creme “milagroso” – quem sabe à base de uma planta exótica do Sri Lanka – para resolver mais esse “problema” estético. Se há demanda, por que não esperar sempre pelo pior?

Vivemos uma época de crescente negação do próprio corpo. De repente, o que é apenas natural torna-se feio, necessita ser reformulado, recauchutado, photoshopado.

É preciso "dar um jeito", mandou a namorada do rapaz – a "embelezadora profissional". Dar um jeito? Como assim? Por acaso, somos porta emperrada? Mesa manca? Chuveiro pifado? Seneca, o escritor romano, responde: "A deformidade do corpo não afeia uma bela alma, mas a formosura da alma se reflete no corpo."

E olha que nem estou falando de deformidades físicas. Mas da piração em que se transformou esse culto ao "corpo perfeito". 

3 comentários:

  1. Sou branco e meu pinto tb é preto =(

    ResponderExcluir
  2. O meu é bem escuro quando não está ereto, mas acho que é por causa da elasticidade mesmo

    ResponderExcluir
  3. O meu também é bem escuro. O da maioria das pessoas não é tanto, mas, se não tem jeito...

    ResponderExcluir