quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Sua mãe ainda lava a sua cueca?

 Uma "nova" espécie de homem

Perguntado pelo repórter como fazia para conquistar as garotas, o rapaz respondeu que anda pulando (?), enfia a cabeça na lixeira e circula com um Pica-Pau de pelúcia pendurado no pescoço. Sua estratégia de paquera: fazer as meninas rirem.

O rapaz estava em um cruzeiro marítimo do terror que percorreu o litoral brasileiro de Santos (SP) até Búzios (RJ). Eram 1.649 jovens entre 20 e 30 anos. Atração principal no navio: show da chatonilda baiana do acarajé elétrico Claudia Leitte.

No “Big Brother Brasil 11”, Rodrigão, Diogo e Maurício formam o trio de machos heterossexuais brancos brutos misóginos estúpidos infantilóides retardados. Tratam as mulheres do reality com a “delicadeza” de um rinoceronte.

Sei não, suspeito que são avessos demais ao sexo feminino.

O garoto que enfia a cabeça na lixeira para chamar a atenção das meninas e os três ogros do programa global são amostras interessantes dessa “nova” espécie de homem que parece ter medo de crescer. Marmanjos barbados que preferem continuar “sob a saia da mãe” e agem com a grosseria de eternos "aborrecentes".

Não à toa, pesquisas indicam que cada vez mais jovens adultos resistem à ideia de morar sozinhos. Veja essa: de 25 e 29 anos, 62% dessa turma ainda mora com os pais; de 30 a 34 anos, 30%; e de 35 a 39 anos, 15%.

Não sei se esse é um dos motivos que explique a imaturidade desses homenzarrões. Acho que sim. Acho que há uma idade limite para a sua mãe lavar a sua cueca, arrumar a sua cama e fazer a sua comida. Quanto mais cedo você sai da casa dos seus pais, mais rápido você amadurece. Conquistar a independência, ter o seu canto, receber os amigos e namoradas na hora que quiser – tudo isso faz parte do rito de passagem para a fase da vida em que a noção de responsabilidade adquire um significado mais amplo.

Mas, ao observar esses meninões com aparência de gente grande falando "tá ligado" e "plantando bananeira", parece que essa ordem natural das coisas está sendo sabotada. 

Se eu fosse mulher, acho que teria virado lésbica faz tempo. Afinal, para achar graça de alguém que enfia a cabeça na lixeira precisa estar muito bêbada ou muito desesperada.

2 comentários:

  1. HAHAHAHAHA! Ri demais com esse post! MUITO bom!!!

    Realmente, os homens de hoje estão cada dia mais imaturos... vejo os da minha idade (22 anos) e eles não sabem encarar um relacionamento, são totalmente perdidos, tentam se fazer de machões, mas a verdade é que "não lavam nem a própria cueca"!!!

    Antes de partir pra solução que você deu no fim do post, resolvi mudar o perfil dos "alvos" :D

    Bacana sua forma direta de escrever, é assim que penso!

    Beijos, Marcos, até mais!!! =*****

    ResponderExcluir
  2. Os homens de hoje não estão preparados para encarar a mulher pós moderna. Eles se assustam com a mulher que trabalha, tem filhos, se arruma, é ética, curte literatura clássica, faz baliza direto, fala inglês, francês, alemão, faz as unhas, se depila... realmente, ou cagam de medo mesmo, de insegurança ou vão atrás de mulheres burras que acham que irão chegar aos 60 com o mesmo corpo de 20!!!
    Síndrome de Dorian Gray...
    Ainda bem que existe uma minoria que não se abala com essa mulher pós moderna, nem se sente intimidado por ela. Ele a acompanha!
    Abçs!
    Andrea

    ResponderExcluir