quinta-feira, 3 de março de 2011

Seriam as revoltas árabes "revoluções 2.0"?

Revolução no Egito 

O jornal "Le Monde" publicou, em 22 de fevereiro, reportagem intitulada "Seriam as revoltas árabes 'revoluções 2.0'?". Abaixo, reproduzo a opinião de alguns envolvidos nas manifestações egípcias. Uns acham que sim. Outros que não. E você, o que acha? A internet é "revolucionária"?

“A internet é o espaço da liberdade do povo, o espaço onde cada um pode se informar e se comunicar, e ‘We are all Khaled Said’ teve um papel crucial”
Gamal Eid, advogado da Rede Árabe para a Informação sobre os Direitos Humanos

(“We are all Khaled Said” foi uma página criada por Wael Ghonim no Facebook. Batizado com o nome de um jovem torturado e espancado até a morte por policiais em Alexandria, no dia 6 de junho de 2010, a página foi fundamental para a conscientização dos jovens egípcios a respeito dos abusos da polícia e do governo, e foi a chave, junto com outras páginas controladas por outros movimentos juvenis, da mobilização de 25 de janeiro.)

“A revolução 2.0, a revolução Facebook, a revolução Twitter são expressões desprovidas de sentido”
Ramy Raoof, blogueiro

“A revolução talvez não tivesse acontecido sem essas ferramentas, pois teria sido difícil mobilizar as pessoas. Em compensação, a partir da manifestação de 25 de janeiro, o Facebook e o Twitter só tiveram um papel marginal. Não foi uma revolução 2.0, foi uma revolução de rua. As pessoas teriam ficado de qualquer maneira na praça Tahrir até a queda de Mubarak”. 
Mona Seif, militante

“É possível desencadear uma revolução em alguns cliques, mas, em seguida, é o povo que faz a revolução”
Gigi Ibrahim, militante

“Os egípcios estavam desiludidos com as riquezas não distribuídas, com a corrupção, com as torturas, com os escândalos eleitorais. A página ‘We are all Khaled Said’ teve um papel importante, bem como outros militantes no Facebook e no Twitter, mas também houve a força da revolução na Tunísia, a matança dos coptas, a primeira manifestação do dia 25 de janeiro, a repressão sangrenta de 28 de janeiro. Foi por todas essas razões que o movimento se tornou tão forte. E teve a inteligência dos líderes do movimento, que passaram uma mensagem clara e nítida, e teve o apoio da mídia. Todos esses ingredientes resultaram em uma rara combinação de fatores que levaram a um resultado inesperado"
Issandr el-Amrani, jornalista do blog “The Arabist”

“Uma vez que os egípcios decidiram sair às ruas, foi bom. Em compensação, a internet nos permitiu levá-los às ruas, difundir informações políticas e detalhes logísticos. Acredito que nenhum de nós, militantes, esperava ver tante gente reunida”
Wael Abbas, blogueiro

"Os líderes da revolução no Facebook não serão necessariamente os líderes do Egito de amanhã. Mas eles terão papel importante na mobilização dos jovens diante das eleições"
Issandr el-Amrani, jornalista do blog “The Arabist”

**********

O Egito de 80 milhões de habitantes possui 24 milhões de pessoas conectadas à internet, sendo que quase 5,45 milhões delas têm contas no Facebook, 300 mil no Twitter e 250 mil mantêm blogs. É suficiente para transmitir informações de forma eficaz. Cada família tem pelo menos um membro conectado, por meio de computador ou smartphone.

Um comentário:

  1. Revolução Quilombolivariana! REQBRA
    e o verdadeiro povo brasileiro apóia e é solidaria ao grande líder libertador Muammar Kadafi na luta e soberania do povo líbio ao contrario da mídia e a elite dominante fascista e judaica sionista brasileira,que apóia e torce por Hordas imperialistas piratas predadores assassinos dos EUA e OTAN, querendo saquear o petróleo da Líbia, o Pré-sal e a Amazonas do Brasil. O maior blog de Muammar Kadafi das Américas
    muammarkadafibrasileiros.blogspot.com
    MK.BRASIL.LEIROS@BOL.COM.BR
    Ao Nosso Povo! Viva Brasil! Venceremos!
    Revolução Quilombolivariana e bradaram Vivas! a Simon Bolívar Viva! Zumbi! Tupac Amaru! Benkos BiojoS! Negra Hipólita! Sepé Tiaraju Alicutan! Sabino! Elesbão! Luis Gama, Lima Barreto,Cosme Bento! José Leonardo Chirinos ! Antônio Ruiz,El Falucho! João Grande e Pajeú ,João Candido! Almirante Negro! Patrice Lumumba! Viva Che! Viva Martin Luther King! Malcolm X! Viva Oswaldão Viva! Mandela Viva! Luiz I.Lula da Silva, Viva! Chávez, Vivas! a Evo Ayma! Rafael Correa! Fernando Lugo!José Mujica(El Pepe)!Viva! a União dos Povos Latinos afro-ameríndios,! 1º de maio,Viva Dilma! Muammar Kadafi! Os Trabalhadores do Brasil e de todos os povos irmanados.
    Movimento Revolucionário Socialista
    (Seja um, uma) QUILOMBOLIVARIANO
    Revolução Quilombolivariana! REQBRA
    O maior blog de Chávez e Chavista das Américas
    vivachavezviva.blogspot.com
    quilombonnq@bol.com.br
    Organização Negra Nacional Quilombo
    O.N.N.Q. Brasil .Fundação 20/11/1970
    Por Secretário Geral Antonio Jesus Silva

    ResponderExcluir