quinta-feira, 28 de abril de 2011

Kate & William: o casamento real

Kate & William

Aos "descolados" & mal-amados, um pedido: deixem o povo sonhar em paz!

Sim, o casamento de Kate e William não vai mudar a vida de ninguém. E existem coisas bem mais importantes para fazer que acompanhar a pomposa cerimônia pela TV. Mas e daí? Que mal há em fugir por algumas horas da realidade e suspirar por “um dia de princesa”?

Jeca? Cafona? Ridículo? Careta? Ok... E qual cerimônia de casamento não é, hein? A plebeia Kate Middleton pelo menos encontrou um príncipe de verdade, enquanto você, mulher azeda e infeliz, engole a seco esse “sapo barrigudo” que dorme, ronca, peida e baba ao seu lado toda noite.

O casamento real encanta porque histórias de príncipes e princesas encantam a humanidade. E pouco importa se Kate e William serão ou não “felizes para sempre”. O que interessa para os “súditos da Rainha” é a beleza do ritual, a ideia romântica de concretização de um amor de conto de fadas. Mesmo que esse amor acabe em infidelidade mútua, como aconteceu com Diana e Charles.

Enquanto nós, simples mortais, ainda formos capazes de idealizar o amor, de acreditar no amor, de se emocionar com o amor, temos chances de ser um pouco mais felizes. Pior é quem maldiz o casamento real apenas por achá-lo “fora de moda”. Esses perderam a capacidade de sonhar.

Se você é mulher que acredita em "príncipes encantados" assista à cerimônia sem culpa. Não ligue para o cinismo de quem faz de conta que não está nem aí para a felicidade. 

Eu, do meu lado, gosto mais da cafonice de quem ama que do rancor autossuficiente de quem só goza com o sabonete.   

8 comentários:

  1. A-do-rei! Até que enfim alguém que pensa como eu! Só vou acrescentar mais uma coisinha: O casamento real não vai deixar de ser um fato histórico só porque os ignorantes acham tudo uma grande frescura.

    UMBEIJOS!

    ResponderExcluir
  2. Não pode ser as duas coisas?
    Tipo, amar cafonamente mas gozar com o sabonete de vez em quando??? rsrs

    Brincadeiras à parte, onde eu assino?

    Adorei o post! #tamojunto amanhã na frente da TV pra ver o conto de fadas da vida real. REAL.

    Beijos Fartos! ;)

    ResponderExcluir
  3. Concordo! E nem gosto de casamentos, mas nesse eu iria! rs

    ResponderExcluir
  4. O problema, meu caro, é que toda a mídia nos entope com essas notícias que, vamos falar sério, não são importantes.

    Os jornais deveriam nos informar pra onde nosso dinheiro do IR está indo, acusar, flagrar, colocar nossos "representantes" contra a parede, pois eles ainda estão nos roubando MUITO e vão continuar assim.

    Agora, Kate não é plebeia. Wiliam é um mané, mas rico. Esse casamento não tem nada a ver com amor. É apenas uma experiência na vida dela. Ele sim pode estar apaixonado. E estão ganhando dinheiro às nossas custas, como sempre.

    ResponderExcluir
  5. concordo com o cara ai de cima , o babaca do principe so casou com essa rodadinha pra agradar o povo ignorante e mostrar uma imagem de q a realeza esta mudando e aceita entre eles pessoas q nao sejam do mundinho de sonhos e frescura q eles vivem, q sao tao humanos quanto qualquer outro,a verdade e q a"familia real"e mais suja q pau de galinheiro e eu muitas outras querem um marido de verdade e nao um principe de mentira , so porque ele nao peida nem arrota...ridiculo isso q vc falou amor e muito mais do q regras de etiqueta!aff......

    ResponderExcluir
  6. alias sou casada acredito no amor , e nao echo casamento "fora de moda" e meu marido e professor de educaçao fisica ,nao um barrigudo,e sonho com um mundo melhor sem tanta hipocresia...

    ResponderExcluir
  7. Vixe! Cada louco com sua mania; eu nem TV tenho,não gosto dessa coisa que só fazem as pessoas perderem tempo diante dela ou aprenderem a fumar maconha, cheirar cocaína, fumar crack, trair o marido ou a mulher, matar os pais, etc.
    Esse negócio de mulher feia e mau amada é para os babacas que não têm coisa mais importante que fazer, então ficam justificando com ofensas aos outros as suas babaquices.Casamento real "me engana que eu gosto"; noiva que já vive há oito anos com o noivo, essa é boa, lua-de-mel, onde?
    O mel já se foi há muito tempo, só ficou a lua.
    Quanta gente imbecil curtindo a vida dos outros,
    para ser feliz precisa ver com os olhos e lamber com a testa a felicidade dos outros. Ora, vá sonhar uma vida feliz para você mesma(o), sem usar como base a fingida felicidade dos outros.Quem sabe se há amor ou não nesse casamento são os próprios "noivos".

    ResponderExcluir