sábado, 21 de maio de 2011

Antes que o mundo acabe... comigo

Harold Camping, o anunciador do fim do mundo

TODA ESSA CONVERSA FIADA sobre o fim do mundo me fez pensar nas coisas que eu preciso fazer antes de o mundo acabar. Ou melhor: antes que o mundo acabe comigo.

Que me desculpe o senhor Harold Camping, o anunciador do tal Juízo Final para 21 de maio de 2011, mas se até o Eduardo Dusek declarou o fim do mundo lá na longínqua década de 80, qualquer um pode fazer o mesmo, com ou sem deboche.

Ok, concordamos que por ora o mundo não vai acabar. Quem "vai acabar" bem antes do mundo somos eu, você e a Rainha da Inglaterra. Mas, ao pensar nas coisas que eu preciso fazer antes de morrer, veja só: acabei me lembrando das coisas que eu NÃO vou fazer...

Desculpa. Minha mente cisma em girar sempre no sentido contrário.

Tem gente que acredita em “milagres”; acredita que basta ter fé e boa vontade e um caminhão de dinheiro vai estacionar na porta da sua casa. É esse tipo de gente que costuma usar livros de autoajuda como guias de sobrevivência e acha que vai fazer muitas coisas importantes antes de virar defunto. Pobres almas ingênuas!

É bom saber. Durante a nossa existência, a grande maioria de nós realiza duas ou três coisas marcantes na vida e só. O resto é rotina, mais do mesmo, encheção de linguiça.

Você conhece Pyongyang, a capital da Coreia do Norte? Já viajou ao espaço? Comeu Trufa Chocopologie? Mergulhou em Rangiroa, no Pacífico Sul? Salvou a vida de alguém? Fez alguma revolução? Descobriu ou inventou algo que mudou o mundo para sempre? Pois é. Um ou outro pode responder sim a essas perguntas, enquanto o restante vai pra cozinha preparar o seu ovo frito de todo dia.

Ainda bem que um simples ovo frito é capaz de dar algum sentido às nossas vidas, né? Caso contrário, a gente até torceria para esse mundo acabar logo.

**********

Aviso: esse post pode causar alergia em quem se acha + importante do que realmente é. 

2 comentários:

  1. Adorei oo post! hahhaa
    E você não deixa de ter razão. Agora vou lá na cozinha tentar dar sentido a minha vida...

    ResponderExcluir
  2. Já passei por tantas profecias de que o mundo vai acabar. Até gostaria de presenciar e ver como e no que isso vai dar... mas muitas vezes eu não estou presente no momento e no lugar onde as coisas acontecem.... e acabo " perdendo o bonde da historia " que , nesse caso, nem seria terrível ( eu poderia esperar o próximo... bonde)
    Para mim se acabar no meio de uma conversa com amigos e umas cervejas está tudo bem.

    ( não anônima... patética )

    ResponderExcluir