segunda-feira, 13 de junho de 2011

Vamos rasgar a Bíblia?

 Marcha pela Família, em Brasília

ANTES, um lembrete. A instituição que, ao longo da história, ateou fogo em livros considerados heréticos foi a Igreja Católica. Queimou uns e proibiu a circulação de outros tantos. Agora, a resposta à pergunta do cartaz aí em cima: não, nós não vamos rasgar nem queimar Bíblias. A Bíblia é sagrada para milhares de pessoas. E devemos saber respeitar a liberdade religiosa de cada um.

Respeito que, infelizmente, muitos daqueles que crêem na Bíblia não têm por aqueles que apenas lutam por direitos iguais. E essa é a grande diferença entre vocês, religiosos, e nós, homossexuais.

Vocês são intolerantes. Querem nos evangelizar à força. Intrometem-se nas nossas vidas. Acreditam que, falando em nome de Deus, têm permissão para incitar o ódio contra nós. Pregam o amor ao próximo, mas amam somente aqueles que obedecem às suas ordens.

Nós, ao contrário, não invadimos seus templos e igrejas para atacar ninguém. Não espancamos seus fiéis só porque são fiéis. Não censuramos as suas preces. Não repreendemos a sua sexualidade. E nem fazemos campanhas para exterminá-los.

Sim, se fôssemos da mesma laia que vocês, poderíamos rasgar ou queimar Bíblias apenas para ofendê-los. Mas, de que adiantaria? O que ganharíamos com isso? A sua homofobia não vem da Bíblia, vem da sua ignorância. A sua homofobia não vem de Deus, vem da sua desinformação e má-fé.

A minha diarista é evangélica. Crê em Deus acima de tudo. E não sabe nem escrever o nome direito. Mas, ainda que a homossexualidade seja um mistério para ela, não há um pingo de ódio homofóbico em seus olhos.

2 comentários:

  1. Na semana passada vi na TV uma reportagem sobre um número recorde de tiragens que a bíblia alcançou no Brasil - o livro mais impresso! Parece que é assim no mundo inteiro.
    Mas ninguém explica que a bíblia é apenas o objeto de adorno preferencial dos evangélicos e dos cristãos em geral. O mais impresso e talvez o menos lido. Tem o mesmo significado que um vaso antigo ou um quadro na parede.
    Muque de Peão

    ResponderExcluir
  2. O fato de você não ler a Bíblia não significa que outros não leem, aliás você não entenderia a primeira frase do primeiro livro.

    ResponderExcluir