sexta-feira, 19 de agosto de 2011

abuse do seu poder

a mega über blaster top Gisele Bündchen aparece no final do comercial da C&A olhando diretamente para mim. Linda como sempre, a modelo, cheia de atitude, aconselha: "Abuse do seu poder".

no mesmo instante, eu imagino várias situações de abuso de poder: a patroa megera tacando a vassoura na cabeça da empregada doméstica; o policial descarregando seu revólver à queima-roupa no suspeito; o chefe assediando a secretária; o menino mais forte aterrorizando o menino mais fraco no pátio da escola; o Bashar Al-Alassad mandando fuzilar manifestantes; a Zara contratando mais mão-de-obra escrava; um grupo de pitboys espancando um homossexual indefeso.

que eu saiba, e Santa Wikipedia me esclarece, abuso de poder “é ato ou efeito de impor a vontade de um sobre a vontade de outro [...] sem considerar as leis vigentes”. É isso mesmo, C&A? Devemos abusar do nosso poder?

ok, estou sendo chato, né? Não é bem isso que o comercial quer transmitir ao público. 

Mas juntar numa mesma frase as 
palavras “abuso” + “poder” me causa certo pavor. 

Vai que algum “poderoso” resolva levar o conselho ao pé da letra e, bêbado, passe por cima de mim com a sua Land Rover? 

E vai que ele explique seu ato criminoso assim: "Ué, foi a Gisele Bündchen quem falou para eu abusar do meu poder...".

2 comentários:

  1. A palavra "atitude" está muito corrompida. É comum atribuírem o sentido de "atitude" a arrogâncias e autoritarismos variados. Atitude de verdade é outra coisa. Ou quero crer que seja. Um abraço, Marcos.

    ResponderExcluir
  2. Ah, vai comer um cupcake...

    ResponderExcluir