segunda-feira, 1 de agosto de 2011

esperando o leite ferver

existem dois tipos de pessoas: 1) aquelas que, sem aperto no coração, permanecem em vigília na cozinha aguardando o leite ferver; e 2) aquelas que, impacientes, aproveitam para checar os e-mails enquanto esquentam o leite.

pessoas do tipo 2 normalmente se esquecem do leite; deixam-no ferver, transbordar e emporcalhar o fogão. Depois, inconformadas com a própria burrada, soltam um sonoro palavrão: puta que o pariu!

eu, até um tempo atrás, era do tipo 1: calmo feito uma samambaia. Ficava lá, observando a fervura do leite sem roer as unhas de inquietação. Era feliz – e sabia que era feliz assim.

mas, ao passo que vamos acumulando rabugices e lamentações ao longo da vida, nossa paciência parece que vai se deteriorando. Hoje, sou pessoa do tipo 2. Perdi minha tranquilidade nipônica em algum beco escuro da memória e me tornei um ansioso.

agora, para suportar o tempo de fervura do leite necessito de um cigarro, de uma canção, de um trecho de filme, de um parágrafo de livro, de uma conversa à toa, de algo que preencha esses minutos de espera.

a espera me angustia, me aprisiona 
no meio do nada, entre o vazio do 3o e do 4o andar, me impedindo de seguir em frente.

tenho pressa. E até compreenderia essa minha pressa se fosse por vontade doida de aproveitar bem cada minuto. Não é. Percebi que a minha pressa nada mais é que aflição de quem precisa de um ansiolítico para relaxar.

como larguei os medicamentos, acho que vou ali fazer um sexo casual e já volto.

3 comentários:

  1. um dia queria conseguir escrever como voce escreve!

    nao se sinta, mas voce é PHODA!

    ResponderExcluir
  2. Como diz aquele ditado que o hábito faz o monge. Você aos poucos foi adotando os hábitos do tipo 2. Como ser bom é o pior inimigo do ótimo, você era calmo e não sabia porque, realmente porque se importar se está bom? Assim quando perdeu a calma não soube como a reconquistar de volta. Não vou dizer que vai ser fácil, mas a parte positiva é que assim que se evolui, agora você tem a oportunidade única de ser ótimo... : ). Comece observando seus pensamentos e suas atitudes ao longo do dia, aos poucos sua atenção se tornará mais e mais afiada e você conseguirá ir percebendo seus comportamentos e atitudes que foram seu treinamento intensivo diário para lhe conduzir a um exímio tipo 2 e vá adicionando calma e respiração a cada um desses comportamentos que você for encontrando vá quebrando eles um a um. Mas uma vez reforço não é fácil, vai requer um trabalho constante mas no final vocẽ se tornará um príncipe da paz... : ). Uma ferramenta muito útil é a técnica do vipassana. E outra coisa muito importante não importa qual seja sua religião é sempre, sempre e sempre cuidar do espírito o resto se resolve por consequência. Se não concorda pelo menos se dê a chance de tentar para provar que eu estou errado.

    ResponderExcluir
  3. Adorei seu blog!!!Disse tudo que eu precisava ouvir e mais um pouco, suas palavras me serão muito úteis...Obrigada, e continue escrevendo que essa sua leitora aguarda seu próximo depoimento...

    ResponderExcluir