sexta-feira, 4 de novembro de 2011

era uma vez um antidepressivo chamado Exodus

quando resolvi criar O Idiota Feliz!, em setembro de 2010, minha ideia era escrever basicamente sobre a minha experiência com o Exodus, o antidepressivo que comecei a tomar na época. Depois, acabei ampliando o foco do blog, falando sobre tudo que me interessa.

o que me comove (de verdade!) é que, embora eu tenha parado de tomar o Exodus e escreva cada vez menos sobre depressão, os posts com maior número de comentários até hoje continuam sendo aqueles em que falei sobre o medicamento e essa doença que vem desgraçando a vida de muita gente.

“zumbis felizes” como eu, esses leitores ainda encontram aqui um espaço aberto para trocar informações e contar as suas histórias. É como se o blog se tornasse independente de mim, uma espécie de “ponte” entre as dezenas de pessoas que o acessam e “conversam” entre si sobre os seus problemas, sem a minha participação direta.

fico feliz e emocionado por, de alguma forma, ter ajudado essas pessoas com o blog. Ao escrever sobre mim, sobre o meu estado depressivo, percebi que outros sentem o mesmo que eu e precisam “falar” sobre isso, dividir seu sofrimento com alguém que os entenda e, principalmente, não os julgue.

viver apenas já é foda. Muito muito muito pior é quando a gente ainda precisa lidar com a porra de uma doença que ninguém “enxerga”, além do próprio doente. A depressão é assim. Você sabe que está mal, sabe que tem algo errado com você, mas desconhece o que é. E se você não consegue compreender que tristeza é essa que nunca passa, como os outros vão compreender?

eu parei de tomar o Exodus. Hoje, me viro com o Rivotril. Mas continuo alternando períodos bons e ruins – mais ruins que bons. E aí? Volto ao antidepressivo? Não sei. Acho que já me acostumei a acordar todos os dias com esse nó na garganta.

147 comentários:

  1. Sofro de depressão já a algum tempo... (anos), tenho fases boas e más... neste momento estou a ter uma recaida...

    Parabens pelo o blog

    ResponderExcluir
  2. Não acostume com o nó na garganta, eu não tenho depressão, mas sofro de ansiedade e tomo o Exodus há quatro anos, posso te dizer que vivo outra vida. Tente de novo, ninguém merece viver assimm.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você não tem tremedeira? Estou quase parando de tomar por conta de tremores.

      Excluir
    2. tenho tonturas parece que ta tudo girando e o enjoo sumiu por completamente sinto as vezes meu coração dar um acelerada

      Excluir
    3. Tomei exodus por 2 meses, não vi diferença.... Vi um pouco, agora, com quase 10 meses de nó na garganta, dor pra engolir, porque fiz uma cirurgia, tomei remédios fortes e anestesia geral, parece que deu uma aliviada na tensão, precisava ficar internado por uns meses para ficar bem rssss, mas tive alta no dia seguinte

      Excluir
  3. Se alguém quiser ver.... minhas coisas parvas...
    ja tentei fazer tratamento umas 3 vezes, acabei sempre por desistir, Exodus nunca tomei, mas sou da opiniao que os medicamentos nao sao tudo...

    http://asombrailuminada.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. temos q encontrar o embrião...onde tdo começou...
    pq ninguem nasce com depressão...

    Se o filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nasce sim, há um tipo de depressão que é genética. O problema está no cromossomo 3 que não codifica direito a sintese de uma proteína que se relaciona com a serotonina e com a dopamina. No meu caso minha depre é genética e outros membros da minha casta tbém sofrem com isso.

      Excluir
  5. sinceramente respeito os comentários acima, mas acho que depressão é algo que não se controla sozinho, nem só com remédio, nem só com oração, nem só com apoio familiar... acho que é um conjunto de fatores para que haja uma melhora significativa.... minha última crise foi dia 30 de novembro de 2011... entrei no banheiro e picotei meu cabelo longo.... não me lembro.... agora tomo exodus...]

    meu blog:
    http://romanticocomoumaporta.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sabe pra quem vc ora é pra aquele que quando vc está ano buraco vc chama e ele nem te atende,que os fanaticos chamaM de DEUS.

      Excluir
    2. Deus não tem culpa de nada.A culpa está no eu interior,procure a causa que você acha.

      Excluir
    3. A culpa de toda depressão, é desse mundo insano, onde fazem as pessoas de gato a sapato, ninguém se respeita, somos obrigado a viver regras que não servem a todos, onde querem todos pendem iguais. Antigamente colocavam gênios em hospicios e faziam tratamentos desumanos, atualmente enchem os pacientes com drogas, que deixam os pacientes mais loucos do que curados.Sei que muita gente desiste do tratamento e se mata, tenho pensado nisso também, já tomei vários remédios e todos tem muitos efeitos colaterais, mas quem se importa? O sofrimento é longo e cruel. Somos prisioneiros num mundo que não podemos ser o que somos!!!!Vivemos em uma selva e o homem é o lobo do homem. Se colocar Deus piora porque Deus não existe!!!! Esse Deus que falam seria um sádico???? E as pessoas que acreditam num sádico seriam o que????

      Excluir
    4. Só Deus pode salvar a tua alma e liberta-la desta angustia q sente ,,, esses pensamentos q foram enrraizados dês dá tua infância e a maneira com q vc enxerga tudo está te tornando depressivo seja livre meu irmão *COLOQUE O PE NO VAZIO* TER FE É A UNICA MANEIRA DE AGRADAR A DEUS! É SIM,,,ELE É REAL MAIS REAL DO Q PENSA EXPERIMENTA PEDIR PRA OUVI LO sozinho no teu quarto ! Tendo fé !!! Ele lhe responderá eu creio e te amo mano , mesmo sem te conhecer ! Parabéns por expor sua vida e poder nos ensinar com suas experiências grande abraço e bjao no seu coração

      Excluir
  6. Ahh Marcos, acostumar com essa dor estranha eu creio não ser o melhor caminho. Tomo o Exodus há 4 meses, e no início do terceiro mês já me senti uma nova pessoa. Faço acompanhamento terapêutico para ajudar a identificar os processos que podem desencadear a diminuição de serotonina e também para eu não me tornar uma dependente do medicamento para sempre. Senti umas coisas estranhas no início...boca trêmula, tonteira, enjôo, falta de apetite e uma certa alteração na libido, mas depois de 60 dias tudo voltou ao normal. Força ae companheiro!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc poderia me passar seu e-mail. estou tomando esse remedio, comecei agora e queria trocar umas informações.
      obrigada

      Excluir
    2. Tomei exodus por três dias e passei muito mal. Muito enjoo e tontura aff parecia q ia morrer. Parei de tomar. Todos os antidepressivos que tomei me deram essas reações. Vc toma de manhã? Não passou mal?

      Excluir
    3. Esses são os sintomas dos efeitos colaterais eu tô tomando a 20 dias e me lembro q no 15 dia haviam sumido 90%das tonturas !! Lute,seja forte, vc consegue !! Sem te conhecer eu já te amo !! Abraço fique com o Deus altissimo

      Excluir
  7. OI, comecei a tomar Exodus hj, estou esperançosa... a pior coisa q existe é ter medo até de sair na rua... e olha que minha cidade não tem nem 40 mil habitantes. Espero que juntamente com minha fé e força de vontade esse medicamento me ajude...pelo menos pra que eu pense em menos coisas ruins...Adorei seu post!!!Grande abraço

    ResponderExcluir
  8. Oi pessoa, estou aqui pra dizer que a SP e uma das piores coisas que ocorreu na minha vida, acho que e a pior na verdade e desde entao venho numa luta constante para me livrar desses sintomas terriveis, que so quem ja passou para saber o que....., enfim ja usei fluoxetina e parei e ha 4 dias estou usando o exodus, estou me sentindo super bem, sem efeitos colaterais nenhum e a minha psicologa me disse que e uma exelente medicacao
    um abraco a todos e melhoras!!!

    ResponderExcluir
  9. Exodus...nunca mais!!!!! Já me dei alta!!!! Esses remédios tiram a emoção...tomei vários...você se transforma num robô...Nem uma fratura exposta faz vc sentir alguma emoção! Nem alegria nem tristeza...É o nada... O vazio... Prefiro chorar, reclamar, sofrer...viver... Além dos efeitos colaterais: libido, suores e, o pior, engorda!!!!
    E tenho dito.
    Brasília, mar2012

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada por postar sua opinião...

      Eu estou buscando informações a respeito das medicações anti depre...

      Tenho dias ruins,confusos, e suicidas mas quando passa essa maré vejo cores fortes e vibrantes no meu viver,tenho percebido que é um ciclo e que muito tem haver com meu período pre menstrual.

      Resumindo/;15 dias solares e 15 de tedio

      Daí tenho pensado com mais frequência em fazer uso de remedios, faço analise e ela me sugeriu um psiquiatra (sou depressiva segundo ela)

      Mas vendo os depoimentos dos amigos no blog percebo que tenho dias plenos e que algo sim acontece no meu ser ,sei que tenho minhas questões emocionais e a necessidade de me realizar profissionalmente é muito grande.

      Todas as questões amorosas,o fato de ah quase três anos não ter um parceiro,enfim...

      Mas o que quero dizer é que como disse um dos anônimos muitas vezes e percebo que no meu caso são questões de auto conhecimento da alma mas do corpo tbm.

      Hoje busco me conhecer enteder meus limites e cuidar da minha vida pois DEUS só me deu uma.

      Não querer ser mãe do mundo...

      E por falar em mãe,a minha nunca viu com bons olhos medicação e vejo relato de pessoas que foram de fluoxetina êxodo ...sem sucesso

      Melhor deixar como tá.

      Hoje eu estou solar
      Quero viver esse dia plenamente e se amanhã eu estiver na depre,deixa rolar ,ruim é mas...


      Beijos e desculpem eu falo muito ..rsrsr
      me senti muito bem aqui

      Valeu Marcos
      Deus abençoe todos nós.

      Ah estou fazendo dança do ventre recuperei a vontade de me olhar no espelho c oisa que nem fazia mais!!!

      Excluir
  10. Tá tudo tão dificil pra mim ;(, moro em um estado diferente da minha familia...tenho depressão a muitos anos , mais agora deu uma recaida feia...nem comer eu como, pra completar o Exodus vem tirando minha fome total...E o pior de tudo , pra piorar logo a historia a pessoa com quem eu namoro diz estar sem paciência pra minha doença , diz que não pode me ajudar, estou a ponto de fazer uma loucura ;(...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Procure um centro Espírita.

      Excluir
    2. Se a pessoa com quem namora não tem paciência para cuidar de você quando mais precisa... sinceramente, nao vai fazer falta na sua vida não!
      TRato de depressão há 16 anos. Tive uma crise fortíssima, a primeira, aos 20 anos. Estava começando um namoro (o primeiro também). Ele foi muito importante nesse processo todo. Muuuito paciente. Namoramos por 5 anos. Thaiane seja forte!! A vida é a coisa mais linda que Deus nos deu. Tome um remedinho para te ajudar a sair da crise e não pare nunca se for necessário. (ainda tomo os meus). E valorize-se!!! Niguém, ninguém mesmo é mais importante qe vc!

      Excluir
    3. Meu amor , sinta-se abraçada aqui!!
      Vc tem um valor imenso para Deus e nunca estará sozinha continue testando as medições hora vc se acerta com. Alguma busque o exercício e principalmente a Deus ele te ama e vai fazer vc se conhecer melhor ! Fica com Deus e melhoras pra vc

      Excluir
  11. Eu mal comecei a usar o Exodus(são 8 pílulas até agora), e já fico cheia de questionamentos sobre a real necessidade dele em sintomas de ansiedade, como os meus. É muito difícil admitir que palpitações e agonias momentaneas têm que ser tratadas com antidepressivos. Efeitos colaterais de sono, cabeça meio pesada, fome, libido baixíssima, emoções apáticas, enfim, acho que na minha próxima consulta já vou pedir para a médica me devolver a liberdade desses remédios e tomar a decisão de só terapia e no máximo um ansiolítico a noite pra dormir. Parabéns pelo Blog, excelente espaço que solidariza a todos que sofrem do problema.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As primeiras semanas são horríveis! Tô no 21 dia e estou me sentindo bem melhor ! Palpitações sumiram só uma leve moleza pela manhã um pouco de distração e insônia q eu resolvo com o zolpidem ! Persiste luta mais um pouco q vc vence

      Excluir
  12. Tenho sérios problemas com o sono. Só durmo a base de dormonid de 15Mg há mas de 20 anos. Nos ultimos 10 anos passe a tomar olcadil, no inicio era maravilha, era 1 mg de manhã e fica o dia todo feliz. Nos ultimos 3 anos, experimentei rivotril, lexotan e diazepan e não me adaptei. Voltei para o olcadil de manhã e a noite dormonid, só assim o leão conseguia dormir. Neste ultimo ano percebi que ficava irritado no final da tarde, o olcadil jão fazia mais efeito e parecia que somente doses cada vezes maiores melhorava. Enfim, descobri o exodus, hoje (24/04/2012) tomei o primeiro comprimido, antes disso passei quase 4 horas lendo todos os depoimentos desde e outro blog, efeitos colaterais, eficácia, etc. Para ser sincero, só de ler a bula já fiquei com medo, más os depoimentos dos leitores levaram a minha decisão, de que pior não pode ficar. Hoje senti nauseas, muitas. Boca muito seca e a noite tossi muito. Dois fatores positivos: NÃO PERDI A CONCENTRAÇÃO e me senti bem calmo, embora as nauseas a tosse incomoda bastante, parece que vai ser possivel suportar. Se tudo der certo, quero me livrar do Dormonida também. Vou a luta.

    ResponderExcluir
  13. Ao longo desse mês de outubro eu só chorava por causa de problemas no meu trabalho. Sonhava com o trabalho, tomava banho pensando no trabalho, comecei a ter insônia (dormia de 2 a 4 hs na noite)e chorava em todo canto - rua, carro, banheiros. Tomei ontem o Exodus e hoje acordei e quando me olhei no espelho vi um sorriso, e não mais lágrimas. Ao longo do dia só lembrei e pensei em coisas boas, os pensamentos e lembranças ruins do trabalho sumiram. O Exodus me socorreu num momento de muita aflição... a psiquiatra falou que primeiro iríamos controlar o meu sono e depois eu começaria a fazer alguma terapia.
    Estou impressionada com a ação desse medicamento, graças a Deus procurei ajuda, pois é muito ruim sofrer como eu vinha sofrendo.

    ResponderExcluir
  14. Eu nao fui diagnisticada de depressao, mas ja faz uns dois anos que coisas ruins possuem um impacto absurdo.. Me sinto sempre feia, incapaz, insegura, ansiosa e quase sempre triste, questionando a minha existencia.. Isso pode significar alguma coisa?

    ResponderExcluir
  15. Cheguei a este blog buscando informaçoes sobre este medicamento o Exodus.Tomo Rivotril de 2mg, desde os 15 anos e confesso nunca ter sentido alguma mudança.Ultimamente as crises de depressão estavam cada dia mais fortes e decidi procurar ajuda.Estou na 3 sessão de terapia e hoje tomei meu primeiro comprido de Exodus e confesso estar esperançosa...Estou depositando minha ultima esperança nesta medicação,pois a 30 anos ,somente passar pela vida é pouco demais...Espero e anseio por dias felizes, alegres e suportáveis.
    Parabéns pelo Blog!

    ResponderExcluir
  16. Realmente entendo a angústia de todos sofrem de problemas psicológicos, como SP, depressão ou ansiedade (como é o meu caso). Já tomei 3 tipos de medicação diferente que parecem não fazerem efeito. Hoje tomo Lexapro, mas sinto fraqueza nas pernas e braços. Também estou perdendo a destreza nas mãos. Vou usar por mais algum e tempo e vou pedir para meu psiquiatra outra medicação. Já faz mais de 2 anos que venho sofrendo com as tonturas e sensação de desmaio. Também queria dizer que estou à disposição para trocar idéias ou dar apoio aqueles que sofrem do mesmo mal que eu.

    ResponderExcluir
  17. Tomo Exodus a 6 meses, o de 20mg.Ele dar CORIZA pela manha como efeito collateral, alem de frieza nos pes. Troquei de PSQ recentemente. Este Segundo disse que EXODUS eh uma copia do Lexapro e que Exodus eh uma PORCARIA. Ele pretende trocar o Exodus por Lexapro e Lexotan por Rivotril.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ha teu psiquiatra e um mercenário indica lexapro que e super caro e ele deve ganhar viagens do fabricante do remédio e mais pega a para ler a bulado lexapro e do reconter se mudar uma virgula um do outro me informa são idênticos!

      Excluir
    2. Isso mesmo Joel, concordo plenamente!

      Excluir
  18. Na bula do PRISTIQ diz que ele trata a Depressao Maior. Mas perguntei a minha medica PSQ e ela me disse que trata tambem a Ansiedade. Tomo PRISTIQ de 100 mg por dia, estou me dando bem com ele, gracas a Deus.

    ResponderExcluir
  19. Tambem acho que nao devemos FICAR NOS POLICIANDO atras de sintomas. Pois quem procura acha. Eu por exemplo "cismei" que meus pes ficavam frios, devido a efeitos colaterais do PRISTIQ. Outra coisa que devemos evitar eh ENCUCAR, ficar pensando direto que estah sentindo isso ou aquilo. Alem do PSQ, 20 em 20 dias, tenho Terapia uma vez por semana.

    ResponderExcluir
  20. Sou Mônika. Trato a depressão mais ou menos há vinte anos. Tive depressão pós parto em 1987, depois algo mais leve em 1989 e mais forte em 1994, quando nasceu minha querida caçula. Apresentei episódios de pânico tb, nesse período. Já tomei anafranil, fluoxetina, paroxetina e agora, recentemente, estou tomando êxodus 10 mg. Tem 20 dias que estou tomando, a médica trocou o remédio de um dia para o outro. Está relativamente tranquilo, um pouco de dor de cabeça e bastante ansiedade e angústia. Estou contando os dias para melhorar de verdade, estou esperançosa. Sou muito carente tb. Não consigo chorar e isso acaba comigo. Amei esse blog e quase todos os dias passo por aqui pra ler alguma coisa nova. PARABÉNS MARCOS GUINOZA! Parabéns por ser uma pessoa sensível e ter a ideia de compartilhar fatos e vivências com a gente. Gente triste tb.

    ResponderExcluir
  21. Sou Mônika. Trato a depressão mais ou menos há vinte anos. Tive depressão pós parto em 1987, depois algo mais leve em 1989 e mais forte em 1994, quando nasceu minha querida caçula. Apresentei episódios de pânico tb, nesse período. Já tomei anafranil, fluoxetina, paroxetina e agora, recentemente, estou tomando êxodus 10 mg. Tem 20 dias que estou tomando, a médica trocou o remédio de um dia para o outro. Está relativamente tranquilo, um pouco de dor de cabeça e bastante ansiedade e angústia. Estou contando os dias para melhorar de verdade, estou esperançosa. Sou muito carente tb. Não consigo chorar e isso acaba comigo. Amei esse blog e quase todos os dias passo por aqui pra ler alguma coisa nova. PARABÉNS MARCOS GUINOZA! Parabéns por ser uma pessoa sensível e ter a ideia de compartilhar fatos e vivências com a gente. Gente triste tb.

    ResponderExcluir
  22. Meu nome é Bruna e tenho sofrido de depressão faz uns quatro meses. Na verdade, tive episódios anteriores dos quais consegui sair sem ajuda de medicamentos nem terapia. Dessa vez, a coisa aconteceu de maneira diferente: além da depressão que me acomete a maior parte do tempo, também tive momentos em que apresentei um quadro maníaco: não tinha medo de nada nem ninguém, principalmente quando abusava do álcool, o que me colocava em risco. Além disso, me tornava agressiva e inconveniente. Foi isso que me fez atentar para o fato de que poderia estar doente o que levou minha neurologista a me encaixar no diagnóstico de bipolaridade. Assim, faz cinco dias que comecei a me medicar com Exodus e Lamitor para bipolaridade.
    Li todos os depoimentos desta postagem e me senti acalentada porque, pra mim, a pior parte da doença foi a culpa que senti por não conseguir ser uma boa professora, filha, amiga, por ter parado de praticar exercícios físicos... Achando que estava me aproveitando da tristeza para me acomodar.
    Não tenho sentido efeitos colaterais por enquanto, mas, uma coisa tem me incomodado e espero que passe depois desse período de adaptação ao remédio: tenho me sentido um tanto apática. Acho que estou estranhando porque tinha me acostumado com o quadro bipolar, ou chorava muito ou estava muito eufórica. Espero que com o tempo minhas emoções se normalizem mais.
    Quero desejar a todos que sofrem do mesmo mal e que frequentam este blog que tenham força e esperança. Espero que encontremos um pouco de paz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Linda ! Te amo ! Q Deus te ilumine e renove as tuas forças todas as manhãs😍😍😍

      Excluir
  23. Estou no 14 comprido de exodus pra depre e síndrome do pânico .Tomo meio comprido de 5 mg e estou com meio comprimido de rivotril de 0,5.São doses pequenas mas estou começando.Na primeira semana estava me sentindo bem . Mas na segundo semana um dia e outro eu ñão tomei o exodus e fiquei muito apática e com dores nas pernas e braços.parece que eu só conseguia ficar deitada e apática.Parece que meu sódio tinha decaído.Me sento muito fraca e não como.Fico com medo de continuar com o exodus e vou falar com o medico.Tomo ou não?Só choro pela incapacidade de ter medo de enfrentar o tratamento. É assim mesmo?

    ResponderExcluir
  24. Marcus, gostaria de saber se cc sabe algo sobre o contrato de amitripitilina. Estou fazendo uso desta medição há algumas semanas e tenho medo dos efeitos colaterais. Grata

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. desculpa, não tenho como te ajudar. nada sei sobre esse medicamento. fica bem.

      Excluir
  25. Oi meu nome é Fabiany
    amei o seu blog, sou de Maceió Al, e estou tomando êxodos a 10 dias em gotas. Comecei com duas gotas e estou em agora até estabilizar em 15 gotas.
    estou sentindo enjoos e dores de cabeça, sofro de depressão e transtorno do pânico. Estou fazendo terapia mas mesmo assim resolvi procurar um psiquiatra, ele me passou o êxodos e o rivotril gotas e disse que minha vida ia mudar, Estou com medo de ficar estranha, espero que dê certo, sempre fui alegre, mas á algum tempo estou com depressão, minha ida mudou muito, mas estou seguindo em frente, sempre com Deus me guiando, obrigada pela ajuda é muito bom poder ver que outras pessaos também passam por esses problemas. estarei sempre por aqui, para ver novos depoimentos, abraços!

    ResponderExcluir
  26. Meu nome é Gustavo, tenho 19 anos... descobri que tinha depressão a uns dois anos atrás, mas desde meus 8 anos não sou feliz. Sempre achei normal acordar "viver" o dia e voltar pra casa sem sentir um pingo de alegria, eu acabei me acostumando, até dois anos atrás. Minha vó foi diagnosticada com cancer e veio morar em casa, eu acompanhei todo o sofrimento dela, e aquilo me corroia. Começei a tomar fluoxetina, não houve melhora. Viajei com uns amigos e acabei me apaixonando por uma amiga de infancia. Namoramos por 9 meses, e posso dizer sem problema nenhum que foram os 9 meses mais felizes da minha vida, eu estava feliz de verdade pela primeira vez em mais de 10 anos. Ela acabou passando na faculdade e me largou. Cai novamente na depressão, comecei com sertralina mas não funcionou, tomava remedio pra dormir( cheguei a tomar zolpiden e um outro em doses altissimas, mas de nada funcionavam, eu continuava dormindo 2 horas por noite), engoli toda essa depressão e passei a ter atitude positiva, pensava se eu me fizer de feliz eu vou ser feliz, mas não foi o que aconteceu. A cada dia que passava eu ficava pior por fora, mesmo que o sorriso não aparentasse isso. Tentei me matar 3 vezes, e se não fosse por amigos meus em 2 delas eu estaria morto, a 3 tentativa tomei todos os remedios que achei em casa (cerca de 70 comprimidos), deitei e esperei a morte, mas ela não veio. Já faz mais de um ano que minha namorada me largou, e eu penso na felicidade que sentia com ela a cada minuto, e fico frustrado por não ser mais feliz. Não saio mais de casa, não faço mais nada. Hoje a médica me receitou Reconter, com o mesmo principio ativo do exodus. espero que faça efeito. Não aguento mais essa vida, quero melhorar. Mas a pior coisa é que ninguem entende o que você tem, meus amigos ficam se perguntando como eu posso ser depressivo com a vida que eu tenho, sou bem de vida, tenho o futuro garantido em relação a dinheiro, faço uma das melhores faculdades do pais na area que eu quero trabalhar, mas mesmo assim não sou feliz.

    ResponderExcluir
  27. Oi Gustavo que triste, eu também estou com depressão e tomando Exôdos faz 16 dias hoje, senti muitos efeitos colaterais e ainda sinto, é muito dificil, tenho depressão a algum tempo, mas n sabia o que era , então procurei fazer terapia, me ajudou, mas não foi o bastante, então procurei um psiquiatra e ele me receitou êxodos em gotas começando com 2 até estabelecer 15 e rivotril a noite. é muito bom ouvir outras pessoas, dá um certo alivio em saber que não é só a gente que sofre desse mal, me sinto estranha, tenho uma filha e sou casada, tenho um bom emprego, mas mesmo assim vivo triste, sinto um vazio muito grande, se quiser ter uma amiga pra conversar, estou disposta a te ouvir. Meu nome é Fabiany.

    ResponderExcluir
  28. De tudo o que aconteceu hoje, encontrar seu blog foi um alento.
    Obrigada por ter criado esse espaço, que como vc disse, independe de vc, mas existe por vc!!! Comecei o Exodus hoje e estou sofrendo com os efeitos colaterais, mas depois de ler varios relatos, não vou desistir, vou melhorar, apesar de sempre ter sido ansiosa, sempre fui forte, corajosa e nunca tive medo de encarar a vida...agora, apesar de uma luz que me ilumina, meu filho, me sinto na escuridão, fraca, sem forças...
    MAis uma vez obrigada a vc e a todos...
    Não desistirei...

    ResponderExcluir
  29. Ola.Espero ajudar de alguma forma passando minha experiencia de vida e de uso de remedios para me controlar. Nosso cerebro é muito estranho. Em minha infancia sabia que algo estava errado comigo. As manias emminha mente eram mais fortes que eu. Uma impressao de estar gorda com 42 kg. Tomando um copo de achocolalato e vivendo de chas controlando calorias de alimento. Me escondendo para q meu pai nao percebesse meus rituaisnoturnos em casa. Ummedo sem tamanho demultidoes e pessoas. Uma tristeza profunda onde a bebida era meu refugio sem volta. Meu pai morreu e a vontade dele em saber o qhavia de estranho comigo sem imaginar que aquilo tudo que eu sofria tinha nome. Ate que acabei em um psiquiatra. Onde detalhei minhas angustias desde a infancia. Descobri que sofria de depressao, toc, fobia social e ansiedade. Imaginei ter passado por tudo de ruim. Usei fluoxetina, sertralina, paroxetina. Fui alterando ano a ano e melhorava um pouco a depressao mas o toc e a ansiedade continuavam. Fora o rivotril e remedios naturais e homeopaticos para diminuir a ansiedade. O rivotril tinha q aumentar a dose pois tinha dias qja diminuira o efeito. Me ajudou muito mas a dependencia era clara. A decisao de parar comajuda do medico. Mas asnoites de tremores e pensamentos suicidas foram longas para enfrentar a descontinuacao. Entre minha experiencia de idas e vindas voltei paraa fluoxetina para ter menos efeitos colaterais. E vivia com meus tocs fobias, depressoes em revezamentos. Ate que descobri que teria q passar por uma cirurgia. Ummedo imenso alem do medo denao acordar ou de ter umcancer ou perder orgao me tomou. Um deles poderia ser descoberto apos acirurgia. Quando ela aconteceu sobraram para mim alem dos problemas padroes um ataque de panico. Pensei que nada pior poderia acontecer comigo. Noites de insonia com ataques de panico me tomaram. Ate outros remedios tentei para voltar a dormir. Efeitos de alucinacao tive com alguns.Ate q a unica solucao era o rivotril.nada mais adiantava. Ate q o medico me deu exodus. Rivotril dosebaixa nas crises. Minhamae recem havia descoberto cancer de mama. No inicio muita ansiedade alem da normal quase desisti. Os efeitos de nariz trancado e corisa libido eram diretos mas continuei certinho como o medicodisse. Apos um ano de tratamento estou bem melhor. Minhamae passou pelo tratamento do cancer. Com tudo isso Tenho pensamentos independentes. Sofro. Nao sou comandada. Tenho os momentos que tenho que ter o controle da situacao para qnada mais volte como era antes. Ansiedade toc fobia depressao diminuiram mas ainda sei que o controle tambem depende de mim. é algo maior que eu a cura porque faz parte de mim.o que posso é o controle. Meu proximo passo é ser mãe e vou conseguir.e vou vencer inumeras outrasbatalhas a cada dia. E Deus sempre esteve e esta comigo me dando força.obrigada.

    ResponderExcluir
  30. gente boa tarde comecei a tomar exodus hoje, tomei pela manha mas os efeitos colaterais me dão muito sono e cabeça pesada, será que isso passa com o tempo? vocês sabem me informar se realmente ele faz engordar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PAra mim não engodou. Pelo contrario. Me senti mais disposta para fazer exercicios, viver a vida. Os efeitos colaterais passam completamente. A gente volta ao normal. É muito bom. Não desanime. Os primeiros quinze dias são horriveis. Depois tudo passa.

      Excluir
  31. MELHOR FUMAR MACONHA O MELHOR ANTIDEPRESSIVO QUE EXISTE...E OS SEUS FRUTOS SERVIRÃO DE ALIMENTO E SUAS FOLHAS DE REMÉDIO, DISSE DEUS... ( SE BEM QUE A MACONHA NÃO TEM FRUTOS ) MAS DAQUI A UNS 20 ANOS VAI SER A CURA DA DEPRESSÃO ) JA É USADA EM EPILEPSIA EM BIPOLARIDADE EM PSICOSE E TOC . MAS INFELIZMENTE É PROIBIDA SEU USO OS LABORATORIOS QUE VENDEM PSICOTROPICOS IRIAM QUEBRAR.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu tomo exodus e fumo maconha!!! xD sou muito feliz com esse combo!!!

      Excluir
  32. prefiro ser idiota feliz .....de que ser um depressivo desgraçado com risco de suicidio..prefiro ser um bobão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que está faltando pra vocês é o conhecimento de si mesmos.
      O que realmente são, o que estão fazendo na Terra, qual o objetivo da vida para todos nós. Em primeiro lugar somos filhos de Deus, herdeiros do Universo. Busquem conhecimento, leiam o livro
      do filósofo Leon Denis "O PROBLEMA DO SER, DO DESTINO E DA DOR", e verão que não são bobões nem idiotas, são seres inteligentes em evolução, sempre pra melhor. Se valorizem, se conheçam irmãos!!

      Excluir
  33. ACORDA GALERA, A DEPRESSÃO É VIVER O INFERNO NA TERRA.

    ADORO SER UM IDIOTA . MAS FELIZ

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Feliz até quando? Acorda vai em busca da Luz, da verdadeira felicidade, aquela prometida por JESUS, que abrange não só esta vida na Terra, mas a vida além desta. Vale a pena tentar!
      Busca o conhecimento espírita e você entenderá o que estou dizendo. Não se conforme em ser um idiota, falsamente feliz!!!

      Excluir
    2. Depois de 11 anos tratando ansiedade generalizada de forma alternativa como acupuntura, homeopatia, terapia, floral..... hj optei pelo esc de manhã e frontal a noite. Faz apenas 4 dias, ainda nao vi melhoras, tenho muita falta de ar por ansiedades, to momento to optando por ser uma zumbi FELIZ sou religiosa, mas ainda Deus nao me libertou, aguardo sua misericórdia. Enqto o tempo Dele nao chega. Vou tentar der feliz

      Excluir
  34. Ja tomo exodos(15 mg ) a 20 dias. No inicio senti falta de apetite, me sinto mais calma, menos ansiosa .. porem parece que estou em um estado estranho, nao sinto vontade de falar, é como se tivesse travada. Me sinto sem vontade de fazer nada, minha depressão continua :(

    ResponderExcluir
  35. Nossa o fraqueza nas pernas a 30 dias tomando exodus mais estou vendo melhoras sim! Exodus reconter a diferença nem uma lexapro sim só a diferença no preço um absurdo! Todos são iguai e bons.

    ResponderExcluir
  36. Ola, tenho 21 anos e desde a adolescência sofro de sindrome do pânico, que depois me levou a desenvolver um tipo de TOC, transtorno obssecivo compulsivo, uma mania irritante de so conseguir sair de um lugar se bater duas vezes em alguma coisa, senao alguem podia morrer. Eu tenho muita dificuldade em aceitar esses termos, sindrome, panico, TOC e muito menos depressão, aceitar que posso ter qualquer um desses problemas, pois sempre me senti feliz comigo mesma, sempre fiz esportes, sempre fui boa aluna, sempre tive muitoos amigos.. Bem, posso dizer que ha alguns anos tinha por conta própria aprendido a cobtrolar esses problemas, de modo que nem me lembrava mais deles, porem ano passado, jogando basquete pela minha universidade passei muito mal do coração e descobri que tinha um problema congenito no coracao que precisava operar urgente, desde entao nao tive mais paz, veio tudo a tona, medo de tudo, medo de morrer, desanimo, parei de ir a faculdade, perdi a facilidade em fazer amigos, passei um ano reprovando todas as cadeiras do meu curso e hoje estou em processo de cancelamento de matricula, correndo o risco de ser jubilada da universidade. Fiz a cirirgia do coracao duas vezes, um procedimento simples de ablaçao, que os medicoa dizem que "deu certo". Mas nao consigo me livrar desse panico e dessa sensação de taquicardia que me aparece ultimamente com frequencia, to candada de ir pra emergencia da unimed. Ate que da ultima vez o medico plantonista disse que estava mais preocupado com o meu psicologico do que com o meu coração, ja que os eletros estavam normais, me passou esse antidepressivo Exodus. Ainda nao tomei, como disse, tenho muita dificuldade de aceitar que tenho algum tipo de problema que me leve a tomar esse tipo de remedio, mas reconheço que tenho problemas as quais eu nao consigo resolver.

    Nao me sinto triste, depressiva, me sinto cansada na mente, desmotivada a correr atras do que perdi, queria entender como é essa aceitação.. Pq na vdd tem horas que to muito feliz e muito animada, mas tem dias que nao quero pensar em nada, sair da cama, lutar pelo futuro. Tem dias que eu nao sei o que quero ser, qual a minha vocaćão, que sou fracassada. Tenho muita dificuldade de dormir a noite e passo o dia dormindo, queria saber se esse remedio vai me ajudar a dormir melhor a noite pra que pela manha eu tenha mais animo!

    Desculpa falar muito, tudo isso é novo pra mim..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Busque leituras edificantes e de autoajuda, como por exemplo:
      SAÚDE ESPIRITUAL de Alírio de Cerqueira Filho, pós graduado em psiquiatria. Você encontra no site www.espiritizar.

      Excluir
    2. Olá, hj procurando informações sobre o Exodus, li seu comentário e confesso que me identifiquei muito com vc, tenho 34 anos e há 3 descobri que tenho um problema cardíaco denominado "taquicardia supra por reentrada nodal", descobri esse problema no quarto mês de gestação e desde então minha vida mudou por completo. Várias internações, reversão do coração com Adenosina, e por fim uma ablação onde os cardiologistas garantem ter sido sanado o problema, contudo, percebo que ainda tem algo errado, não sei se com o coração ou com o cérebro, tenho a todo momento crises de taquicardia que meu médico atribui a ansiedade e estresse, formigamento das pernas, sensação de desmaio, sensação de morte, e medo de dormir, todas as vezes que me deu crise de taquicardia foi dormindo ou em repouso. Tive então que procurar um psiquiatra que me receitou exodus, não comecei a tomar ainda, pq na bula contém algumas restrições pra quem tem doenças cardíacas, enfim, como já faz algum tempo sua postagem gente gostaria de saber se fez uso do medicamento e se houve efeito colateral neste sentido. Abraço

      Excluir
  37. Olá! Me chamo Gisely e tenho 28 anos. Foi difícil admitir que eu precisava de ajuda, mas venci meu preconceito e hoje fiz minha 5ª sessão de psicoterapia. Minha psicóloga me diagnosticou com depressão e isso me abalou muito. Mesmo tendo vários episódios depressivos ao longo da vida, ouvir isso é difícil. Ao longo das sessões ela me disse que eu precisaria fazer o uso de medicação... meu mundo caiu. Mas enfrentei o psiquiatra. Ele me receitou Exodus e começarei a tomar neste final de semana. Estou preocupada com os efeitos colaterais, mas minha psicóloga me encorajou e disse que terei melhoras significativas daqui a 10 dias, mais ou menos. Sempre fui uma pessoa forte, batalhadora e esforçada. Sou de família humilde e com meu esforço consegui cursar faculdade, fazer pós graduação e mestrado. Sou uma mulher forte. Meu fraco é relacionamento amoroso. Eles me destroem. Sou muito carente. Tive uma criação totalmente impessoal, sem carinho, essas coisas. Quando me relaciono, sinto um medo absurdo de perda, de rejeição, uma vontade grande de ser percebida e reconhecida. Por não querer perder meu atual namorado, eu resolvi procurar ajuda, pois nossa relação estava fadada ao fracasso. Sei que se eu não resolver meus problemas não conseguirei me relacionar com ninguém. Eu tenho vivido num verdadeiro abismo, só choro, tenho pesadelos, acordo no meio da noite chorando, tenho sentido um sentimento de abandono que me consome e por várias vezes pensei que seria melhor morrer. Desde ontem estou lendo este blog e gostei muito. Parabéns, Marcos. Estou a disposição para trocar experiências... nossa dor pode ser menor se compartilhada e compreendida. Fiquem todos bem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Experimente ler livros de autoajuda psicológicos, por exemplo:
      Autodescobrimento e iluminação interior de DIVALDO PEREIRA FRANCO.

      Excluir
  38. oi meu nome é aurete tenho um filho de dezenove anos que esta em tratamento a dois meses pra depressão bipolaridade e agora sindrome do panico começou tomando carbolitium cr e logo em seguida lamitor mas nada ta dando muito certo hoje na consulta o psiquiatra receitou o exodus dez mg ele ja se tratou outra vez por um ano sem sucesso tomou aprazolam fluxetina e ampliciti por um ano e desistiu pq so piorava ele tem planos suicidas e não pensa nada bom eu sempre estou ao lado dele mas é muito dificil pra familia toda sofremos junto com ele pq é um guri maravilhoso inteligente mas a doença fes com q largasse os estudos no ultimo ano do ensino médio hoje ele vive em um quarto escuro dia e noite estamos tentando agora ele quis voltar a se tratar ta muito desanimado e não quer psicologo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leva ele para fazer um diálogo fraterno em uma Casa Espírita, pode ser problemas espirituais, influências espirituais.

      Excluir
  39. Tenho 51 anos, sempre fui um tanto ansiosa, crises de irritação e também uma melancolia, como se algo estivesse me faltando para ser feliz. Sou casada tenho três filho, um casamento de 30 anos, com seus altos e baixos normais de uma vida a dois, posso dizer que tenho o necessário para viver feliz. Quando parava para refletir, sobre todas as bênçãos que a vida me proporcionava, enquanto, outros tinham problemas e dificuldades muito maiores do que as minhas, e percebia que só tinha a agradecer, me envergonhava da minha "tristeza, mau-humor etc. Lia a Bíblia, principalmente os provérbios de Salomão, pedia sabedoria, ., Muitas vezes me fiz esta pergunta me dirigindo a Deus: PAI, POR QUE ESSA TRISTEZA, ESSA FALTA DE PAZ, quando só tenho a agradecer? Pai me mostra a verdade, me dá sabedoria pra entender a vida? E A RESPOSTA VEIO ATRAVÉS DE UM LIVRO. CONHECI A DOUTRINA ESPÍRITA QUE FOI A LUZ NA MINHA VIDA!! Estudando, lendo mais a respeito, fui entendo o nosso propósito aqui na Terra. Estamos aqui para crescer em amor e sabedoria, para aprender a lidar com as dificuldades e emoções, para aprender a nos conhecer e ter domínio sobre nós mesmos. Esta ansiedade é um tanto normal, faz parte do nosso percurso de seres ainda em aprendizado, construindo seu futuro que é grandioso. Evoluímos não só materialmente mas espiritualmente também. Deus tem um plano grandioso para nós, muito maior do que este que muitas religiões nos colocam, quando impõem mais medo do que confiança. Estamos aqui construindo o nosso futuro, como seres inteligentes da criação! JESUS o NOSSO MESTRE MAIOR, não nos pediu pagamento de dizimo, nem nos impôs qualquer constrangimento para o seguirmos Ele, ele apenas nos disse: "VINDE A MIM TODOS VÓS QUE ESTAIS AFLITOS E SOBRECARREGADOS QUE EU VOS ALIVIAREI, TOMAI SOBRE VÓS O MEU JUGO E APRENDEI COMIGO QUE SOU MANSO E HUMILDE DE CORAÇÃO E ACHAREIS REPOUSO PARA AS VOSSA ALMAS, PORQUE MEU JUGO É SUAVE E MEU FARDO É LEVE." E a 10 anos eu encontrei a fonte da sabedoria e a didática do AMOR. Esse convite de JESUS é um aprendizado constante, exercícios diários de paciência e amor à vida ao próximo e a nós mesmos. Exercitando este mandamento de JESUS, por sinal, o único que Ele nos deixou: "AMAR a DEUS sobre todas as coisas e o PRÓXIMO como a SI MESMO!!"

    ResponderExcluir
  40. Continuando o depoimento anterior, sobre APRENDER COM JESUS:E com esse exercício diário, aprendendo com Jesus, nós vamos nos aliviando e não necessitamos desses medicamentos, que nos anestesiam e tiram a nossa oportunidade de aprender a nos dominar e termos vontade própria, como filhos de DEUS que somos, DEUSES EM CRESCIMENTO. Depois deste depoimento, por fim, digo a vocês: Fui ao neurologista para pesquisar sobre um problema que estava me inquietando: esquecimento constante um chiado na cabeça, é claro que também um certo grau de ansiedade que é normal em todos nós. Fiz um eletro-encéfalo grama, uma ressonância magnética e exames de sangue que graças a Deus deu tudo dentro da normalidade, como o médico mesmo me disse. Então ele me disse que o meu problema é ansiedade, e o que ele me receitou? EXODUS, que neste momento está aqui na minha frente, antes de tomar fui pesquisar sobre ele, pois fiquei desconfiada quando li a bula, e cheguei aqui neste blog, li o depoimento de vocês, dos problemas que vocês enfrentam, as angústias, os sofrimentos e senti as suas dores, me enchi de compaixão, pois, como vocês, também já senti este vazio, esta falta de objetivo de vida. FINALMENTE digo a vocês que estão aflitos e sobrecarregados. ACEITEM O CONVITE DE JESUS, a DOUTRINA ESPÍRITA nos traz Ele em ESPÍRITO E VERDADE! Eu não vou tomar esse remédio que certamente vai me dar uma falsa alegria, uma falsa paz,
    um falso alívio, prefiro continuar aprendendo com JESUS e a DOUTRINA ESPÍRITA que me diz que sou um ser em evolução sempre pra melhor, que estou aqui neste planeta escola maravilhoso para construir a minha FELICIDADE pelo meu próprio mérito, me dizendo que terei outras vidas aqui e que do meu esforço de hoje terei, meu sucesso amanhã. Também deixo umas sugestões pra vocês, leiam livros de autoajuda, como por exemplo: AUTODESCOBRIMENTO, ILUMINAÇÃO INTERIOR, CURA ESPIRITUAL DA DEPRESSÃO, O PROBLEMA DO SER DO DESTINO E DA DOR e outros tantos que a DOUTRINA ESPÍRITA NOS OFERECE. E se descubram como FILHOS DE DEUS que todos somos. E muita luz pra vocês!!!!!!

    ResponderExcluir
  41. ae galera eu ja fui super depressivo mas minha vida mudou quando tomei ayahuasca eu nao acreditava q ia melhorar mas meu grande amigo roberto me convenceu e começei a ir nas cerimonias de santo daime e minha vida melhorou demais...fica a dica...

    ResponderExcluir
  42. Trato da depressão desde os 19. Tenho 46. Tomei vários remédios. Lembro que engordei com anafranil. Tenho medo sempre que vou trocar de remédio porque nunca quero engordar. Mas fui engordando e engordando. Tenho a genética que me prejudica com o peso mas depois de constatar que mais 3 amigas que estão tomando o exodus ou o espran que e o escitalopran engordaram, fiquei preocupada. Os médicos dizem que o remédio não engorda, ele pode do abrir o apetite. Me sinto bem com o remédio. Mas me sinto muito mal gorda. Não posso ficar sem tomar pq há tentei e a depressão volta forte. Alguém engordou com esse remédio? Alguém sabe se esses remédios tem algo que faz o metabolismo ficar mais lento? Será que tomando remédio e continuar comendo a mesma quantidade de comida mesmo assim engorda? Conhecem algum que não engorde?

    ResponderExcluir
  43. aconteceu comigo também, estou tomando Êxodos à 9 meses e estou engordando muito já engordei uns 8 quilos de lá pra cá, estou bastante preocupada se realmente são os remédios. Tomo rivotril também à noite!

    ResponderExcluir
  44. Ola. Tive TAG e depois fiquei com trauma de dirigir pois tive duas crises que me abalaram. Tentei o tratamento com o venlafaxina e rivotril e não deu certo. Depois abandonei a psiquiatra e fui a um neuro que me disse que eu não tive TAG nem SP e sim epilepsia parcial focal, entao entrou com trileptal de 300 e pristiq...ai que passei mal mesmo. ..vegetava e flutuava o dia todo...cansei e voltei pra psiquiatra. Disse que o venlafaxina me fazia mal e tals..ela me passou o exodus 10mg...Estou no 14 dia...sendo que tomei uma semana meio comprimido e os outros 7 dias prossigo com 1 comprimido se 10mg. Efeitos colaterais? Tenho sim...que são um pouco de cefaléia, poucas nauseas, um pouco de falta de ar e entupimento do nariz que é o que me irrita. Porém hoje saio na rua e trabalho normal e creio que com uns 3 meses estarei bem acostumado com o exodus. Em relação a libido não diminuiu e a ereção ficou prolongada. .e sem ejaculação precoce.

    ResponderExcluir
  45. Boa noite! A dois dias passei por um psiquiatra, pela primeira vez na vida logo depois que todas saídas era a janela! Tenho 29 anos sofro de TO, TAG, e um leve autismo. tenho um filho de 4 anos pre diagnosticado com autismo, o mesmo que por muitas vezes sem saber impediu o pai de fazer burrada, estou em um casamento que esta indo por águas abaixo, por causa das minhas neuras e viver em um mundo só meu. faz 2 dias que comecei o tratamento a base de EXODUS por enquanto só efeitos colaterais: tremedeira, náusea, falta de apetite, tonturas ... antes de comecar o tratamento la se foram perdido 20kg qdo tudo começou a piorar a 4 meses, quando quis descer do meu mundo espero em DEUS que daqui 10 ou 15 dias tudo melhore.

    ResponderExcluir
  46. Boa noite. Em julho deste ano, passei por síndrome de pânico. Procurei 2 médicos que me receitaram êxodus 10mg. Juntamente comecei com rivotril para dormir. Hoje estou tranquilo, sem efeito colateral, já tendo retirado o rivotril de forma progressiva. Acredito no medicamento, entretanto temos que nos fortalecer na fé. Um Deus supremo, que nos encaminha, tentando viver 1 dia de cada vez, sempre dedicando nosso tempo a quem nos ama, inclusive Deus.

    ResponderExcluir
  47. Galera. Leiam meu depoimento com atenção e sejam muito felizes.
    1 - Caí em depressão profunda, profundíssima, por causa de um assassinato de meu cachorro, ao mesmo tempo minha namorada que eu amava me traiu, e minha empresa quase que veio a fechar as portas onde ganho meu dinheiro para viver. ( tudo de uma vez ).
    2 - Comecei a tomar Exodus 10 mg e no terceiro dia meu sono sumiu !!!
    3 - Para dormir tomo agora 2 mg de Alprazolan.
    4 - Estou tomando Exodus fazem 35 dias. Ele está me voltando ao normal, com certeza é o remédio mais bem indicado da modernidade, ( antigamente era eletrochoque eu li tudo sobre isso ).
    5 - Ao ler muito sobre tudo isso, e conversar com muitas pessoas em 35 dias, resolvi que TENHO QUE FAZER UMA FORÇA INTERNA MUITO GRANDE, que só eu consigo fazer e que ninguém vai fazer por mim, de que tenho que ao me sentir um pouco melhor, tentar de verdade ir reduzindo a medicação cortando pedaços menores do Exodus até ficar sem ele.
    6 - Está sendo bom agora para me tirar o sintoma de depressão, e tira mesmo, porém você que está tomando o remédio, ao perceber que ele está te deixando melhor, comece a pensar a se livrar dele, pois tudo que você ingere, passa pela filtragem do seu fígado.
    7 - Sejam fortes, sempre a todo momento do dia não fique parado, arrume um trabalho para fazer, mexa-se... MUDE SUA VIDA...
    8 - OCUPE SUA MENTE COM PENSAMENTOS POSITIVOS A TODO MOMENTO, pois se ficar pensando em seu quadro de derpessão ao longa de sua vida, jamais sairá dele.
    SEJAM FORTES !!!!! LIVREM-SE DA DEPRESSÃO !!!!!
    VOU COMEÇAR A FAZER UMA TERAPIA HOLÍSTICA QUE UMA AMIGA FEZ E FICOU LIVRE DA DEPRESSÃO EM 3 SEÇÕES.
    ABRAÇO E SEJAM FELIIIIIIIIIIIIIZZZZZZZZZEEEEEEEEEESSSSSSS !!!!!!
    SE VOCÊ ACREDITA QUE PODE, VOCÊ PODE !!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. muito bem!!!!!!!!!

      Excluir
    2. Que legal sua força e vontade de viver!!!Adorei seu comentário!

      Excluir
    3. Parabéns pelo relato e força de vontade! Vamos compartilhar!! Abco

      Excluir
  48. Fico feliz por você irmão, vou começar o tratamento esse mês, estava com medo de começar a tomar exodus, por ler vários comentários de que você vira um "zumbi"e etc...
    Mas por ler seu comenta com fé em Deus eu vou iniciar o tratamento.
    Um abraço!!!

    ResponderExcluir
  49. Queridos colegas, há quase um ano aconteceram fatos terríveis na minha vida, perdi meu irmão que morreu de parada cardíaca fulminante, minha mãe o encontro morto dentro do quarto, meu casamento não vai bem, e pra completar uma pessoa da minha família por legítima defesa própria e de terceiro atirou em um menor que estava praticando um assalto, assistir o assalto e por pouco também não morri, tive que ir embora da cidade que nasci, por conta da família do bandido ameaçar minha família, em pouco meses perdi minha mãe de câncer de mama. MEU MUNDO DESABOU, durmo pouco, sinto muita angústia de morte, vontade chorar direto, tristeza, nada presta pra mim, tomo rivoltril 2 mg,, alguém me aconselharia tomar Exodus.

    ResponderExcluir
  50. Sim eu te aconselho tomar exudos.mais antes vc tem q procurar um bom psiquiatra. Estou tomando exudos,carbolitio, e diazepam e estou me sentindo bem melhor. Logico q ha dias q amanheço sem diaposição mais como diz os especialistas o tratamento demora alguns dias ou até meses .boa sorte fica com Deus.anonemo 3 de fevereiro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Francisca! para o exodus ter um efeito satisfatório e sem oscilações demorou quanto tempo? porque tomo a 42 dias e ainda tenho muitos altos e baixos

      Excluir
  51. Recebi alta do EXODUS. Alguém pode compartilhar como ficou depois de parar de tomar o remédio?

    ResponderExcluir
  52. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  53. estou tomando exodus 15mg a 42 dias associado ao wellbutrin XL 150mg, tive crises de ansiedade e de pânico e uma depressão muito forte...é normal apesar de depois de 42 dias oscilar o meu humor? tipo as vezes estou bem e tem dias que estou muito mal (triste, abatido, calado, sem esperança, pensamento acelerado)? alguém já passou por isso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim marlon, já passei e estou em tratamento, força e vamos terminar vencendo essa batalha.

      Excluir
  54. É impressão minha ou esta página está meio abandonada? Cadê o autor? Só atualizações de leitores. Estranho.

    ResponderExcluir
  55. Estou tomando o Escitalopram fazem 15 dias. Tomo estabilizador de humor fazem alguns anos, mais precisamente desde meu casamento. Vivo numa situação que requer de mim controle de minha reatividade e impulsividade, e agora necessito muito tratar uma depressão avassaladora, e não tenho o apoio do meu companheiro. Para ele isso é falta do que fazer, qualquer um pode se esforçar e lidar consigo mesmo sozinho. O exodus me beneficiou com a indiferença emocional, pois, a cada briga e rispidez, ameaças de divórcio por qualquer desentendimento, eu sentia meu mundo desabar, e agora estou como que presente de corpo e um tanto ausente de espírito. Só que junto veio uma letargia terrível. Uma falta de disposição para fazer as coisas, como se não fizesse mesmo diferença fazer ou não, comer ou não, e nem sequer houvesse energia para tanto. Então a psiquiatra adicionou o pristiq, mas não disse para eu abandonar o escitalopram, o que estranhei, pois, são dois antidepressivos, e eu tomo estabilizador de humor... Alguém sabe se isso é algo usual, ou já tomou ambas as medicações juntas? E o pristiq de fato retira essa letargia do escitalopram mantendo o efeito da tranquilidade e indiferença emocional que ele proporciona? Desde já, agradeço a todos que assim como eu compartilham de tantas feridas na alma.

    ResponderExcluir
  56. Oi, então espero que esteja, melhor, bem? Também estou tomando e me sinto da mesma maneira, aérea, indiferente, sem sono à noite, enfim, uma dúvida entre continuar ou parar !

    ResponderExcluir
  57. Gente, eu tenho 23 anos e sou péssima lindando com qualquer tipo de decepções e chateações... enfim, tomo exodus há, tipo, 9 meses e gosto demais! meu humor permanece ok durante o tempo todo! e, além disso, me sinto mais motivada a fazer minhas atividades =)

    ResponderExcluir
  58. Meu filho de 15 anos começará a tomar Exodus amanhã... Estou insegura, pois toda a bula fala sobre contra indicção para menores de 18 anos... Alguém com informações mais recentes sobre o medicamento?

    ResponderExcluir
  59. Bom , eu teria que começar amanhã, mas li aqui tantas postagens sobre os efeitos colaterais que fiquei com medo, de tipo, infartar ou algo assim. Agora além da depressão o medo do remédio!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, vi sua postagem e tive que responder. O remédio tem alguns efeitos colaterais sim, mas que passam logo logo e variam muito de pessoa pra pessoa. Então, o melhor que vc tem a fazer é começar a toma-lo logo. É um ótimo remédio que surte efeitos logo (efeitos bons). Não tenha medo. Palavra de qm estava no fundo do poço e melhorou com o exodus.

      Excluir
  60. Boa noite
    Sofro de depre desde meus 6 anos de idade e tomo medicamentos desde então. Tenho hoje 29 anos. Consegui ficar sem medicamento por no máximo 2 anos e foi uma Vitória. Em 2013 tive minha filha e como consequência uma depressão pós parto. Mas passou... Esse ano em março comecei a usar Velija 30 mg e pela primeira vez sofri com crises de pânico, passou, mas meu organismo não se adaptou a ele .Agora estou tomando pristiq e confesso tenho muito medo do meu organismo não adaptar, porém creio em um Deus maravilhoso e qdo o medo vem eu digo baixinho: Glória a Deus. Mas mesmo assim tenho medo. Tem 12 dias q estou tomando e desde ontem sinto me angustiada e com dor de cabeça... Alguém toma pristik?

    ResponderExcluir
  61. Eu tomo Pristiq mas, comecei há apenas 5 dias. Acho que você deveria relatar esse desconforto ao seu médico, para que ele faça ajustes se achar necessário. Eu acho que esses sintomas que você podem ser naturais e transitórios. Já tomei outros antidepressivos (comecei com a idade que você tem hoje - 29 anos, e estou com 45). Tomava Zoloft desde 2001... depois, tomei-o associado à bupropiona. Nunca tive com este medicamento a sensação de plenitude que tinha antes de diagnosticar a depressão mas, dava para administrar a vida. Há uns 5 anos mudei de médico, para fazer acompanhamento, e estava relativamente estável. O médico acreditava que eu poderia ficar sem medicamento, embora não fosse uma solicitação minha, e, por duas vezes, iniciou a retirada. Na primeira vez, retirou a bupropiona e foi retirando o Zoloft de 25 em 25mg até zerar - eu tomava 100mg. Aderi à proposta dele. Assim, tentei me virar sem o Zoloft mas, a verdade é que fiquei péssima. ele, então, voltou com o medicamento. Dois anos depois, recomeçou a retirada do Zoloft e eu, como boa paciente, aderi ao que ele propunha. Quinze dias após atingir a dose de 50 mg diários, fiquei irritadíssima e relatei isso ao médico, que, não acreditando em depressão, decidiu não voltar à dose inicial do Zoloft, que, na minha opinião, já nem me servia mais. Ele marcava retornos muito distantes. Resultado: segui piorando e me deprimindo mais dia após dia. Decidi mudar de médico e estou apostando que agora pode dar certo. Ela entendeu acreditou os meus sintomas e me receitou o PRISTIQ. Orientou-me que, caso sinta qualquer coisa diferente, fale com ela. Estou com esperanças que dê certo.
    Meu conselho é que você entre em contato com seu médico para ajustar a medicação a você. Não desista de melhorar!

    Boa sorte!

    ResponderExcluir
  62. olá me chamo Elias..tenho 39 anos tive dois ataques de pânico..e de la pra ca sinto desequilíbrio as vezes ao ficar parado em pé..e sofro de ansiedade sem motivos...fui ao psiquiatra e este me prescreveu tomar exodus por no minimo um ano...será que seria possível me curar desta ansiedade sem uso deste medicamento?..pois tenho medo de ficar dependente deste remédio..por favor alguém pode me dar uma opinião

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tome o medicamento vai te fazer bem.

      Excluir
  63. Esse medicamento trata hipertensão de causa emocional.

    ResponderExcluir
  64. Os antidepressivos NÃO aumentam a SEROTONINA!!! eles somente inibe seus receptores, tomem 5htp-hidroxitriptofano,ela sim aumenta a serotonina após 2 horas de ingestão, é um suplemento alimentar retirado da planta africana Griffonia Simplicifolia,ele te deixa feliz, tira ansiedade e controla o apetite, é um Prozac natural, Jim Carrey,Dr Oz recomendam! !!os médicos e companhias farmacêuticas querem que sejamos clientes eternos.Eu estou muito feliz tomando ele!!!muito!!!,eu pedi para manipular sem receita o de 100 mg,não tem efeito colateral,o que notei foi que lembro dos sonhos com muita nitidez!,GENTE pesquisem, pesquisem em inglês também!!!Obs:se tiver tomando algum remédio melhor consultar o médico antes, para não ocorrer nenhum problema,=Dbeijos fiquem com Deus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola.Sou a Daniela.Confirmo e recomendo tbm o 5HTP .Depois de vários tratamentos com fluoxetina,olcadil e mais não sei quantos...até me entoxicar o figado,só o 5htp me ajudou.Natural sem efeitos colaterais.Encontra-se na loja de produtos naturais.E mais um conselho :Sofria de insónias tbm e pesquisa de última hora (para mim) ,o lado certo para dormir e sempre virado para esquerda.Espero que vos ajude meus conselhos.Deus vos abençoe a todos.

      Excluir
  65. OI, sofro com a depressão e bipolaridade já a algum tempo, nem lembro quando começou. Já tomei medicamento mas acabo interrompendo. Chamo de auto boicote, é sempre uma tentativa de me conhecer e de lidar com isso, como não aceitando a doença. Estou claramente prejudicando a mim e a minha familia, coitados nunca sabem o que esperar de mim. Não to aguentando e acabo de me render novamente aos medicamentos. Estava lendo alguns relatos aqui e resolvi ligar pra farmacia e pedir os remédios. Espero sinceramente não interromper, não aguento mais. É bem difícil pra mim aceitar, me render ao fato de que eu não posso controlar essa doença e que sim eu sou doente.
    É tão dificíl ter esperança de que eu vou ficar bem, e que, quando estiver bem vou continuar bem. Sair da montanha russa.
    Bom é meu primeiro relato, e, ainda não consigo dizer com fé mas espero voltar a escrever em um momento melhor.

    ResponderExcluir
  66. Pessoal, algum de vocês que tomam ou tomaram Exodus se sentem sem emoções? Tipo, eu não consigo mais chorar por nada, hehe, nada mesmo, parece que os olhos secaram. A emoção também está travada, sinto falta de sentir as coisas como sentia, Porém DEFENDO o uso do medicamento, ele me salvou de algo talvez bem pior. As crises de pânico diminuíram, a ansiedade também melhorou, PORÉM gostaria de saber se um dia vou voltar a ter vontade de chorar de alegria ou de tristeza, de sentir emoção. Abraços.

    ResponderExcluir
  67. Eu estou em tratamento há duas semanas com Exodus por depressão e síndrome do pânico, nos primeiros dias senti náusea, perdi totalmente o apetite, minha libido sumiu e minha insônia aumentou mesmo tomando Quetrus 100mg estou aumentando a dosagem mas sem resultado, mas senti uma melhora no meu estado emocional estou acreditando no tratamento.

    ResponderExcluir
  68. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  69. Tomei Exodus quase 3 anos, para tratar transtorno do pânico. Coincidência ou não, engordei 20kg. Resolvi parar de tomar por conta própria em Dez/15, já não aguentava mais ser dependente de Exodus e Rivotril, os sintomas da parada dos remédios foram terríveis, tremedeira, enjôos, dores de cabeça e no estômago, falta de tato e de paladar (esse até hoje continua).
    Quanto ao Transtorno do Pânico, preferi acreditar que já estava curada, mas meu corpo de vez em quando ainda sente sintomas da síndrome.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc parou de tomar sozinha e não voltou mais a tomar? Como está agora?

      Excluir
  70. Olá tomei êxodos por dois mêses e fui par na emergência pois tive taquicardia pressão na na cabeça parecia que iria desmaiar pernas travadas achei que iria morrer ou qualquer coisa neste sentido parei de tomar senti abstinência por quinze dias ai passou
    Comecei a tomar rivotril já faz dois meses mas a duas semanad estou me sentindo muito mal tenho insônia to trocando a noite pelo dia acordo cansada como se não tivesse dormir dores de cabeça fortíssima e a ansiedade esta muito mais forte vou ver com o psiquiatra para ver se podemos trocat a medição pois também tomo lamitor porque tenho epilepsia e não posso me incomoda com nada porque posso ter crise epiléptica a qualquer momento que Deus me livre a última que tive quase morri por isso tomo esses remédios porque fiquei traumátizada pelo episódio desejo melhoras a todos e que Deus abençoe porque viver assim ninguém merece

    ResponderExcluir
  71. Meu caso e difícil de se trata pq já fiz altas tumografia e não descobriu nada to tendo convulsao só acontece quando tenho djvu por isso não descobri meu problema quero muito achar um tratamento

    ResponderExcluir
  72. Sofri com dois ataques de panico em janeiro/2016, após isso fiz vários exames de coração e de todos os órgãos(Rins, Figado estomago e etc), e não deu nada, enfim procurei o psiquiatra e psicologa e me passarão Exúdos e Frontal para ansiedade/Depressão com síndrome do panico, comecei e parei depois de 7 dias com o tratamento porque não acreditei que era minha mente que estava fazendo tudo isso, agora os sintomas ficarão pior, parece que a vida não tem sentido de viver e outros pensamentos horríveis, e hoje eu tive certeza que estou doente mentalmente, e vou retornar com o Exodus/Frontal. Nos 7 dias que eu usei tive as reações: Perda de apetite, retardo de Ejaculação, Bocejos, Ranger de Dentes e dificuldade de levantar da cama para ir trabalhar. Que DEUS Abençoe todos deste Blog e Ilumine a vida de todos nesta fase difícil das nossas vidas e vou continuar postando no Blog conforme os dias do meu tratamento.
    Uma das coisas que esta me ajudando é os exemplos de superação, quando leio sinto que tenho forças para conseguir também. :) Procure esta sempre perto de quem te faz bem e uma coisa importante saia do quarto :) . Uma frase para nos dar força : Mesmo que eu passe pelo vale das sombras da morte, nada temerei pois DEUS esta comigo. Entenda o tratamento Medicamentoso como S.O.S e procure sempre mudança no seu interior para não ficar dependente dos remédios para sempre. Bom Dia para Todos.

    ResponderExcluir
  73. Tomei o exodus por 3 meses e agora estou um mês sem ele. Para mim ele fez bem. Não tive crises de ansiedade mais. Acho que vou voltar a usar.

    ResponderExcluir
  74. helder - helder_hdcpa@hotmail.com

    AÇÕES CONTRA ANSIEDADE

    Primeiro de tudo no meu caso que tenho ansiedade generalisada e panico, Muito medo de morrer e de doenças qualquer
    coisa pra mim já é cancer ja to morrendo, me levou a fazer todos os exames que existe se eu nao tivesse unimed esta ferrado.
    Comecei a meter o foda-se, morre morreu, parei de ver sobre doenças na internet, de preocupar se no futuro vou ter cancer,
    coloquei na minha cabeça que é melhor eu correr o risco de achar uma doença ja no estado avançado doque ficar bitolado com
    tudo e nao viver a minha vida, e outra tanto medo de morrer cedo vai que amanha caio e bato a cabeça e morro, pronto perdi
    um tempao com medo e ansiedade por ter doença e morri ao cair de uma escada, entao tenho como meta aproveitar a vida, sair,
    amar minha esposa, ter um filho mudar de cidade mudar de emprego pra ficar perto da minha familia que mora em outra cidade
    enfim VIVER e foda - se doenças que poderão existir, parei com sofrencia antecipada. E parei com Exudos e Frontal.

    ResponderExcluir
  75. helder - helder_hdcpa@hotmail.com

    AÇÕES CONTRA ANSIEDADE

    1 . REMÉDIOS

    * Relaxante Fitoterápico(Capsula-Homeopatia)

    * Agrimony(Florais)


    2 . Vitaminas

    * Complexo B

    * Omega3

    * Magnésio

    * Vitamina C


    3. TRATAMENTO

    * Esperitismo (Fé em DEUS)

    * Psicologa

    * Acumpultura

    * Exercicios Fisicos

    * Lazer

    * Resolver Problemas Financeiros

    * Mudança de interior

    * Pensamentos Bons

    * Sair de Casa para Visitar pessoas, amigos ETC

    * Controlar a raiva

    * Técnica de respiração

    * Mudança de vida viver perto de quem você Ama

    * AROMA DE BAUNILHA NO AR (ou outro aroma que goste e se sinta feliz comprovado cientificamente) Insenço, etc

    * MASCAR CHICLETES

    * ASSISTIR A COMÉDIAS (Filmes, Mini Séries)

    * FAÇA MAIS SEXO - Comprovado cientificamente que ajuda muito (hehehe)

    * Yoga

    * Pescar, futebol, volei, trilha enfim ter um hoby.


    4 . DIETA

    * Carnes e Peixes (Sem Frituras e gorduras trans)

    * Jabuticaba

    * 2 Bananas por dia (esta fruta combina doses de triptofano que produzem a serotonina),

    * 1 colher de sopa de Mel por dia (pois aumenta a eficiência da serotonina no cérebro),

    * 3 x por semana Salmão (O ômega 3 melhora o ânimo porque aumenta os níveis de serotonina,
    dopamina e noradrenalina - substâncias responsáveis pela sensação de bem-estar),

    * 1 colher de Linhaça por dia (é uma fonte vegetal riquíssima em gordura ômega 3)

    * Ovos, leite e derivados magros

    * Pães, arroz, aveia, feijão, massas, batata e uvas fazem parte deste grupo alimentar.

    * Nozes, castanhas e amendoins são boas fontes de magnésio. Cereais, como o farelo de aveia e o gérmen de trigo,
    assim como o espinafre, a rúcula, o agrião e outras folhas verde-escuras também entram nesta receita.

    * A banana é rica em vitamina B6 e tem alto teor de triptofano, fatores que colaboram com a produção de serotonina,
    auxiliando o bem-estar.

    * Fonte de vitaminas A, B1, B2, B6 e C, e de zinco, magnésio e selênio, a maçã ajuda a diminuir a ansiedade.

    * Peixes e carnes magras:
    As carnes e peixes contêm um aminoácido chamado taurina, substância que aumenta a disponibilidade de um neurotransmissor
    chamado Gaba, utilizado pelo organismo para controlar a ansiedade de forma natural.
    Esses alimentos, assim como ovos, leites e derivados, também são ótimas fontes de triptofano, aminoácido que,
    em conjunto com a vitamina B3 e o magnésio, produzem serotonina.

    * Espinafre:
    Rico em ácido fólico, o espinafre auxilia na eliminação de resíduos químicos oxidantes produzidos pelo excesso de
    trabalho ou estresse, fatores externos responsáveis pela ansiedade.

    * Chocolate:
    Os que contém mais de 70% de cacau, além de serem menos calóricos, são ricos em flavonoides, um tipo de antioxidante
    que favorece a produção de serotonina. O mel também contribui para a produção da substância no cérebro.

    * Suco de maracujá;

    * Vitamina de banana;

    * Chá das folhas do maracujá;

    * Consumo de folhas de alface;

    * Chá de brócolis;

    * Chá de erva cidreira ou melissa;

    * Chá de ervas de são joão ou hipericão.

    * Para preparar um bom chá para ansiedade basta acrescentar a 1 xícara de água fervente 1 colher (sopa) das folhas secas de
    algumas das plantas medicinais acima citadas, tapar e deixar amornar. Coar e tomar logo a seguir. O indivíduo que sofre de
    ansiedade poderá tomar de 1 a 3 xícaras deste chá por dia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depressão tem tudo haver com nutrição. Problemas intestinais são a maior causa de depressão. Na verdade não é oq vc come, mas oq vc absorve. Leia o livro A DIETA DO FUTURO ! Um abraço.

      Excluir
  76. helder - helder_hdcpa@hotmail.com

    AÇÕES CONTRA ANSIEDADE

    Outra coisa que me faz sorrir é os relatos de superação da TAG e historias como de pessoas que estão em fase terminais de doenças e que sabem que tem pouco tempo de vida e mesmo sim conseguem sorrir, contar piadas e até brincar e até tratar bem outras pessoas,e muitos de nós como EU,estamos com corpo saudável ou com doenças que podem ser tratadas e estamos de baixo astral e com depressão e ansiedade, vamos acordar para o outro lado da vida sei que é difícil sou prova real disto mais vamos correr atrás de ter uma vida saudável e feliz, vamos começar a meter o foda-se aos pensamentos ruins e começar a viver novamente. Fé e paz na vida de todos :)

    ResponderExcluir
  77. Eu estou com 20 anos hj quase 21 e me sinto tão velha, sinto que a vida pra mim já acabou. Não tenho vontade de nada, as vezes tenho vontade de morrer mas em outras nem isso. Nunca tomei anti depressivo mas já tive vontade, mas agora lendo oq vcs dizem sobre como é não adianta em nd também. Eu já quis muitas coisas qnd mais nova, tinha planos e objetivos mas nada nunca deu certo, só me aconteceram coisas horríveis, e eu acabei desistindo de tudo. Não tenho amigos nunca tive um namorado nunca tive nd e agora também não tenho mais vontade de ter, é como se nd mais valesse a pena pra mim,como se nd do q acontecesse agr fosse fzr valer a pena tudo pelo q eu já passei. As vze tenho mta raiva de mim e tenho vontade de ir morar na rua pq sinto que lá é o meu lugar, não gosto de mais nd q eu costumava gostar ou querer, e isso já faz anos. Não sei oq vai acontecer comigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida leitora, não diga que sua vida acabou o que está desistindo, procure um bom psiquiatra e vá em busca de ajuda médica, os antidepressivos tem efeitos colaterais sim, mas servem para nos manterem de pé, eu tomei o Exodus alguns meses e tive sim uma fase em que me sentia como um zumbi, mas pelo menos estabilizou meu estado emocional, aos poucos meu médico foi diminuindo a dosagem e hoje graças a Deus não preciso usar mais. Não tenha como base relatos de outras pessoas, cada caso é um caso. Procure entender você mesma, faça algo que você goste, atividade física mesmo é uma ótima opção, esteja sempre ao lado dos seus pais, eles serão seu porto seguro, rua não é lugar para ninguem, irão somente aproveitar do seu estado emocional e te levar para o fundo do poço, procure por Deus e um ótimo psiquiatra você ficará bem. Um beijo e melhoras!

      Excluir
  78. Olá estou tomando o Exodus faz 3 meses parei agora faz 5 dias pq haiva perdido a receita e já encontrei, estou com sintomas de tonturas, enjoo, tremedeiras. O remédio em si me fez bem, tenho mais vontade de viver e passei a melhorar em áreas da minha vida que antes eu não enxergava futuro. Acredito que para cada um, o remédio causará um efeito e minha dica é que se faz uso do medicamento, faça certinho, nos horários indicados e procure trabalhar seus pensamentos, fazer uma nova leitura de seus problemas, tem dias que não é fácil, temos vontade de desistir de tudo, mas lemnbre-se que isso é com tudo mundo, é um direito nosso ter esta sensação, mas é dever nosso entender a si mesmo, para que possamos nos respeitar e nos dar uma "segunda chance". Milhares de forem necessárias. Um abraço a todos!!

    ResponderExcluir
  79. Sou mais uma vítima dessa doença desgraçada chamada depressão, juntamente a ela veio ansiedade e insonia. Quando comecei a tomar antidepressivo e rivotril senti uma melhora inexplicável, conseguia dormir tranquila e voltei a sentir ânimo nas atividades diárias. Porém, engordei quase 15kg, a fome que esses remédios dão são colossais. Três meses depois resolvi parar de tomar, o que me gerou crises. Não digo que voltei a ser aquela mesma pessoa de antes, que passava noites atordoadas e tristes, mas ando tendo muitas crises...Pelo menos já perdi algum peso, talvez quando perder o que desejo volte com o medicamento juntamente com algum inibidor de apetite.

    ResponderExcluir
  80. Meu médico me passou exodus. Estou amamentando. Estou com medo de tomar. Algumas mulheres já passou por esta situação . Me ajudem. Será que vai prejudicar meu bebê. .

    ResponderExcluir
  81. Olá pessoal,
    Meu nome é Fábio, e queria contar como o exodus entrou na minha vida e está saindo.
    Sempre fui uma pessoa inquieta, do tipo que fala ao telefone andando dentro de casa; que não consegue ficar com as pernas paradas ao estar sentado, etc...
    Em 2013 comecei a sentir uma fadiga, seguida de irritabilidade.Foi quando, ao voltar do trabalho para casa, na baldeação de um ônibus para o outro, ao descer do primeiro, senti meu coração bastante acelerado e minhas duas pernas ficando dormentes até os joelhos, tentem imaginar a angustia.
    Fiquei preocupado, achei que estava tento um ataque cardíaco e que morreria ali.Me sentei no meio fio do ponto, e tentei me acalmar, quando milagrosamente, meu segundo ônibus que normalmente vinha cheio, veio com lugar pra sentar.
    Consegui chegar em casa, e inicialmente, minha esposa achou que seria uma hipoglicemia, mesmo assim, fui parar na emergência.chegando lá, fiz vários exames e no final ouvi que não tinha nada.
    Depois de umas 6 idas para emergência, uma medica me orientou a procurar um psiquiatra, pois estava com sintomas de ansiedade.
    Inicialmente relutei em acreditar naquele diagnostico, estava certo de que tinha um problema de saúde ( fisicamente falando ) e que nenhum médico teve competência para descobrir.
    Enfim, depois de passar muito mal, com muita dificuldade de sair da cama, apático , ter que continuar trabalhando e sem voltar mais nas emergências, resolvi procurar um psiquiatra.
    Foi um parto, pois pelo meu plano de saúde, primeiras consultas somente para 6 meses.
    Enfim, consegui um particular, onde comecei o tratamento com o exodus, sendo diagnosticado inicialmente com, transtorno de ansiedade com crises de pânico.
    Comecei o remédio, e no dia seguinte, me sentia tão bem que havia esquecido de tudo que passei. Apos o terceiro dia, voltei a sentir as mesmas coisas.
    do quarto dia até o fim da primeira quinzena, senti tudo mais o dobro.Foi terrível, mas segundo a própria psiquiatra, não poderia parar de tomar pois estes sintomas estariam previstos.
    Minhas pernas ficaram dormentes por quase um mês e aos poucos a dormência foi baixando (dos joelhos até o tornozelo, até acabar)
    A medica sempre dizia, não pare de tomar, não deixe de trabalhar, faça coisas que te deem prazer.
    Bom, com o tempo fui aprendendo a me controlar, quando estava parado/sentado, me sentia bem,Se me levantasse pra beber água, sentia tudo girar, coração acelerar, mas comecei a controlar isso com respiração.
    comecei a pesquisar sobre o EXODUS e descobri, de cara, este blog.
    Vi que muitas pessoas estariam na mesma situação que eu ou até piores que a minha.
    De 2013 até hj ( 28/07/2016 ) foram algumas crises.E por causa destas, precisei aumentar a dosagem que inicialmente era 10mg, para 15mg ao dia.
    Comecei a me policiar e perceber que tinha que fazer realmente coisas que me dessem prazer. Com isso, comecei a correr, voltei para a musculação, procuro não esquentar/tornar problemas do dia-a-dia, um carma.
    Tudo se resolverá!!!
    Hj, ainda faço uso do EXODUS, mas tomo 5mg por dia ( meio comprimido ) e, segundo o psiquiatra, na próxima consulta( daqui 3 meses) já estarei deixando de tomar, graças à Deus.
    Não se entreguem aos sintomas.Sei como é difícil. No meu caso, minha esposa me ajudou muito. Tenham paciência, façam o tratamento, façam as coisas que te dão prazer ( cinema, caminhada, rir, etc...), não se aborreçam por bobeira,tenham fé ( independente da religião ) e vocês verão que o EXODUS sairá da vida de vocês, como está saindo da minha.

    Gostaria de agradecer ao blog pelo compartilhamento de experiencia vivida.

    Um grande abraço.

    Eu volto pra comentar quando parar de tomar....em 3...2...1...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ola minha esposa comecou a tomar o medicamento por conta propria e teve uma mudança de personalidade voce acha que isso e possivel. Essa mudança fez ela trazer problemas de 5 anos atras que passamos. Ela trata os problemas como foram ontem. Tinhamos uma vida Feliz apesar de termos problemas como todo mundo. Voce Acha que uma mudança de personsalidade pode ser causada pelo uso do remedio....

      Excluir
  82. Olá Amigos, minha esposa tomou o Exudos durante 3 meses. Resumindo a historia ela passou por grandes picos de stress, trabalho, compra de um apartamento, mudança e ela acabou pedindo o fim do nosso casamento de 12 anos. Esses ultimos 3 meses ela teve uma mudança de personalidade. Sera que isso e devido ao Remedio Exudus...

    ResponderExcluir
  83. Tenho crises de ansiedade. Me dá um desespero, aperto no peito, durmo até as 3 da manhã e depois o sono some. Ouço as vozes do passado, os gritos quando eu apanhava, os gritos de socorro do meu irmão. Isso já faz 25 anos e tudo está tornando-se vivo na minha cabeça. Comecei com setralina e parecia um zumbi. Agora tomo levozine e o exudus. Nessa semana o peito ainda aperta e o choro não sai. Tô sozinha. Não comento com ninguém. É o que mais me mata.

    ResponderExcluir
  84. Olha tive uma crise depressiva desencadeada por problemas em meu casamento. Procurei um medico e comecei tomar EXUDOS. Eu estava muito mal, sem paciência com meus filhos, com sede de vingança, sem fome, sem sono e extremamente desanimada para tudo. Hoje após 6 meses de uso sem interrupção vejo os benefícios do medicamento. Voltei a ser o que eu era e me sinto equilibrada, olho pra trás e não entendo como cometi certas atitudes e pensei sem muitas coisas terríveis. Pretendo voltar ao médico para diminuir o remédio e parar até dezembro.Mas não sei se eu conseguiria passar por tudo sozinha, depois de Deus foi esse medicamento que conseguiu me manter trabalhando e ativa. Não sinto nada agora. No início tive um pouco de sonolência e baixa da libido. agora estou normal e até bebo umas cervejinhas no final de semana e não vejo nenhuma reação. A depressão é uma doença séria, tive essa crise já com 43 anos. Achei que nunca iria acontecer comigo mas quanto mais amadurecemos e temos consciência das circunstâncias de nossa vida, ficamos mais exposto a esse fantasma. Que Deus nos dê força e sabedoria para buscarmos ajuda quando for necessário.

    ResponderExcluir
  85. Olha amigos pensei que era um surto! Mas não passou! Agora eu estou tomando Lexapro também faz 15 dias, ele tirou meu sono devo estar dormindo umas 4 horas por noite mesmo tomando sintomax para tentar dormir.Também perdi alguns Kilos uns 13kg para ser exato. Estou passando por uma perda muito grande. E Deus e a espiritualidade estão me mantendo em pé todos os dias. Deixei tudo nas mãos de deus.

    ResponderExcluir
  86. É justamente pensamentos. Eu desde pequeno fui extremamente tímido e com muitos pensamentos negativos q com o aumento da idade foi acumulando acumulando até formar uma nuvem escura cada vez mais sem energia . Fui pras drogas maconha. E depois q entrei nunca mais saí tive várias deressões por fobia social e só andar com esse tipo de gente e estou em profunda depressão revivendo uma vida inteira diariamente. Involuntariamente. Já veio uma nuvem negra na minha cabeça e só o espiritismo pra explicar. Pensamentos incomuns. Q não saberia explicar pra médico nenhum. Existem certas pessoas q já vem pra passar com psicoses esquizofrenias q acho q só o espiritismo explica. Felizes vcs de sentirem sensações . Agora eu já vim com uma mente perturbada e no escuro q só o espiritismo pode explicar. Agradeçam por serem só sensações . Alguns já vem predispostos a sofrerem mentalmente. Abraço a todos . Mediunidade de expiação. Ou encarnação compulsória. Tamanha ignorância mental

    ResponderExcluir
  87. Tomei Exodus no ano passado por causa da depressão, que prova ansiedade e pressão alta. Tive melhora significativa. Parei sem consultar o meu médico a depressão voltou de forma violente, agora retomei o tratamento com Exodus, mais ainda assim tem dia que é difícil mas não podemos desistir, e sobretudo Pedir Ajuda do Papai do Céu.

    ResponderExcluir
  88. Estou tomando Exodus pq tenho os pensamentos que vou tirar e isso tá me fazendo muito mal, por favor alguém me responde se isso é normal? Ainda estou no 8 dia tomando ele junto ao Quetros a noite...q tbm tenho acordado a noite com os pensamentos q vou tirar e q n vai ter jeito, por favor me ajudem.

    ResponderExcluir
  89. Corrigindo *que vou tirar "enlouquecer" msm sem ter uma crise de pânico...meu médico diz ser ansiedade

    ResponderExcluir
  90. Olá, eu também sofro de ansiedade. Tudo começou quando me formei e fiquei desempregada. Acho que foi muita pressão. Além disso, coloquei o diu que causou uma mudança hormonal grande. Comecei com um pensamento ruim de morte. Esses pensamentos então intensificaram e me davam medo. Antes que piorassem procurei um psiquiatra. Sentia uma angústia muito grande também. Chegava a doer meu peito. Baixa autoestima e ansiedade muito grande também faziam parte dos meus sintomas. Hoje tomo Exodus fazem 42 dias. Tive dias bons e ruins. Minha primeira semana foi horrível! Parecia que eu não sentia nada. Nem alegria, tristeza, absolutamente NADA! Consegui melhorar um pouco durante 5 dias até ter minha primeira crise de ansiedade no final da segunda semana do medicamento. Consegui sair sozinha da crise. Até coloquei na minha cabeça que eu conseguiria sair sozinha sempre que eu quisesse. Era só se acalmar. Após voltei a ser eu mesma. Única coisa que sentia era medo de voltar a ter uma crise. No início da quarta semana, porém, tive dias horríveis. Com crises de ansiedade por 3 dias seguidos. Pela primeira vez achei que iria enlouquecer. Fiquei com medo porque já era para eu ter melhorado à essa altura da medicação. Cheguei a pedir à Deus que me levasse, porque não teria coragem de me matar e não queria viver nessa angústia. Decidi então reagir. Meu médico queria trocar a medicação, mas eu pedi para esperar mais alguns dias. Então, resolvemos aumentar a dose. Além disso, comecei a tomar rivotril sublingual de 0,25 mg nas crises. Aumentei a dose do Exodus e hoje tomo 20 mg. Me sinto melhor. Consigo rir, me concentrar, voltei a viver novamente. Porém, a autoestima ainda não melhorou. Sinto um sentimento de culpa muito grande pois esses pensamentos com morte continuam. Eu sei que não faria nada. Mesmo assim, esses pensamentos e sentimentos continuam. Vou tentar continuar a tomar o Exodus por 2 meses. Se não resolver esses sintomas vou trocar a medicação. Não queria fazer isso, porque realmente as duas primeiras semanas de tratamento são insuportáveis. Além disso, eu me sinto melhor. Tenho medo de tomar outro medicamento e piorar sabem? Enquanto isso, vou tentando viver minha vida normalmente. Semana que vem vou fazer uma entrevista de emprego. Estou animada porque era tudo que eu mais queria, mas tenho muito medo de ter crise de ansiedade de novo e um dia piorar de vez. Bom, estou indo no psicologo também, mas não sinto que ajude muito. Gostaria de trocar de profissional, mas pela Unimed na minha cidade não tem muita opção. Por enquanto, vou vivendo. Não vou perder a esperanças de melhorar, mas caso isso não aconteça pelo menos espero me adaptar. Não piorar. Continuo indo no centro espírita que me ajuda bastante e fazendo atividades físicas. Tento também não ficar parada. É meio estressante as vezes, mas parada minha mente começa viajar. Espero que meus conselhos ajudem. Vocês também se sentem pior de manhã? E ahhhh.. em relação ao sono me sinto muito melhor. 100%!!! Muito bom poder desabafar e saber que outras pessoas podem nos entender. Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Camila. Os sintomas ruins são mais intesos pela manhã. É duro sair da cama. Pra mim pelo menos é assim. Por enquanto. Estou ajustando a dose do exodus. Tomava 15 agora 20 ha dpos dias aumentei a dose. Os. Efeitos colaterais tb voltam com os ajustes. Tenhamos paciência conoscos. O remédio é excelente e as crises vão passar. Eu tb faço terapia. Vai dar certo acredita.

      Excluir
  91. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  92. Fiquei dois meses sem tomar exodus. achei que estava curada. por dois anos já estava tomando. Com os problemas de saude de miha familia as crises voltaram . Muita diarreia, crises de panico e depressao. Hj faz dez dias que voltei a tomar. Os efeitos colaterais são horriveis. Mas tenho certeza que vao passar. Estou fazendo terapia. Tento não pensar maus pensamentos. Mas ta dificil pra caramba.

    ResponderExcluir
  93. Sempre fui alegre, amo praticar esportes, ate que eu me apaixonei mto por um cara que gosta de estar comigo quando convém. Quando estamos juntos eu esqueço do mundo, fico nas nuvens.. Nao sei explicar, ele usa maconha e eu dou uns tragos... Mas nada acontece. Quando volto pra realidade é horrivel, so olho pro celular esperando uma mensagem que nunca chega, nao tenho vontade de fazer nada.. So chorar e dormir, na esperança de acordar e tudo se resolver e quando ele me procura eu esqueço de todo esse mal que eu sinto, nao sei o que fazer, desde ontem nao consigo sair de casa. Não é possivel que uma pessoa pode fazer isso comigo, nao estou entendendo, eu moro sozinha.. Tenho medo de falar com a minha mãe e assusta-la atoa, o que vocês acham? Pq quem tem depressao nunca fica feliz, mas eu fico quando ele me procura, mas tb não posso deixar minha felicidade na mao de outra pessoa, me ajudem.. Não sei o que fazer, me sinto totalmente perdida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não se desespere , procure entender que esse relacionamento não está sendo saudável pra vc e procure um psiquiatra pra esclarecer as coisas , não se preocupe tudo vai ficar bem , que DEUS te ilumine com seu amor infinito e incondicional.

      Excluir
    2. Eu penso que esse comportamento seu é típico em pessoas depressivas.Eu tb sou assim. Já tive vários relacionamentos onde eu só ficava feliz quando estava perto da pessoa. Depois de muita terapia e amadurecimento hoje vivo um casamento feliz e tranquilo, sem necessidade de sufocar a pessoa ou de ficar junto o tempo todo. Mas não foi fácil. Sofri bastante em relacionamentos anteriores, pois eu também não conseguia acreditar que a pessoa pudesse me fazer tão feliz em um momento e logo depois me esquecer. Isso é tão dolorido. Mas acredite, existem boas relações, mas você é a primeira pessoa que precisa ter consciência disso.

      Excluir
  94. Fui diagnosticado com TAG, tomei velija por 7 semanas, insonia demais.Acredito que noradrenalina faz é ligar a pessoa é o ansioso tem que se acalmar.O outro psiquiatra me receitou EXODUS.Estou no 15 dia e estou pior do que no início, muito mais ansioso.Será que o VELIJA ainda está no organismo? Quanto tempo leva pra sair?

    ResponderExcluir