segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

quem tem medo da Gaby Amarantos?

Marília Gabriela perguntou para Gaby Amarantos qual o tipo de homem que a cantora paraense procura. 

reposta: “homens que não tenham medo de mim”. Genial! 

Gaby – a entrevistada, não a entrevistadora – é aquela que ficou conhecida como “Beyoncé do Pará” ou “Lady Gaga da Floresta”. Logo, não vai mais precisar desses rótulos bobocas. Gaby Amarantos tem personalidade, carisma, gostosura e talento de sobra para conquistar de vez o seu espaço na música popular brasileira. 

seu novo disco, “Treme”, com produção do Carlos Eduardo Miranda, está previsto para ser lançado depois do Carnaval. Mas o burburinho em torno da cantora percorreu 2011 inteiro. 

o Pará ficou pequeno para Gaby Amarantos. 

claro, a elite do “bom-gosto musical” torce o seu nariz empinado para a cantora. Afinal, ela vem do tecnobrega, o ritmo popular que domina as periferias de Belém. E, assim como o funk, assusta os “cheirosinhos” com seu “café coado na calcinha/ só pra te enfeitiçar”.   

não consumo a música da Gaby. Mas gosto dela, gosto do que ela representa e do modo tecnobrega de lidar com a treta do direito autoral. “Eu vou te samplear/ vou te roubar”, canta Gaby no videoclipe de “Xirley”. Ao final, o aviso irônico: “A prática da pirataria é pecado, de acordo com a palavra de Deus”. 

na entrevista, Gaby diz que o antigo modelo de divulgação de música é ultrapassado, já era, e que “está tentando descobrir o caminho”. Isso é ser moderno: burilar, experimentar, buscar novas fórmulas (musicais, de negócios etc.), e não ficar choramingando sobre o "leite derramado".

pra finalizar, um último elogio. No jogo-rápido, Marília mandou: "brega". Gaby, sem pestanejar, respondeu: "minha verdade". Ou seja, Gaby é o que é e não tem vergonha de ser o que é. Só por isso merece aplausos. 

Um comentário:

  1. Bom dia, Marcos!
    Fui a um show da Gaby no ano passado e fiquei impressionada com a força da presença dessa mulher. Eu, que nem curto esse estilo de música, dancei do primeiro ao último minuto.
    "Gaby é o que é e não tem vergonha de ser o que é.". Bonito isso. =)
    Tenha uma ótima terça
    beijos
    Iza

    ResponderExcluir