sábado, 21 de janeiro de 2012

sorrir para agradar

o filósofo e escritor americano Ralph Waldo Emerson (1803-1882) chamou essa coisa que ando sentindo bastante ultimamente de “rosto abobalhado do louvor”. 

e o que seria isso? Emerson explica: 

é “o sorriso forçado que encorpamos em companhias perante as quais não nos sentimos à vontade, em resposta à conversa que não nos interessa. Os músculos, não movidos espontaneamente, mas por uma teimosia baixamente usurpadora, tornam-se rijos em volta do contorno da face, provocando uma sensação das mais desagradáveis.” 

acho – ou melhor, tenho certeza – de que você, leit@r deste insensato blog, já passou por situações assim, não? 

eu, inúmeras vezes. 

e não sei se o problema sou eu ou o problema são os outros. A verdade é que não estou com paciência para certas companhias e para certas conversas. 

outro dia, fui em uma festa de lançamento de alguma coisa que já nem lembro mais o que era. Um livro? Uma revista? Uma exposição? Uma novela? Um filme? Um liquidificador? Sei lá... Festa de lançamento é tudo igual. São servidos um prosecco qualquer e uns canapés fajutos, e as pessoas circulam de um lado para o outro cheio de pose, como se fossem mais importantes do que realmente são. 

um amigo diz que esses eventos são bons pra gente fazer contatos profissionais. Mas, como eu sou um péssimo relações públicas de mim mesmo, sempre acabo sem contato nenhum e com “o rosto abobalhado do louvor”. Quando volto pra casa, sinto os músculos da face doloridos de tanto sorrir para agradar. 

sei que o sorriso forçado é comportamento padrão entre as pessoas. Em alguns casos, questão de sobrevivência. Afinal, quem nunca riu da piada ruim de um chefe?   

é por isso que cada vez mais tenho evitado sair de casa. Prefiro ser esquecido a ter que me submeter a conversas e pessoas que não me interessam.

ok, agindo assim, é bem provável que eu morra pobre e com poucos amigos. Mas, citando outra vez Emersom, "meus amigos a mim vieram sem que eu precisasse ir buscá-los".
 

7 comentários:

  1. puta merda! só não distribuo por ai sem aspas dizendo que fui eu que escrevi por que tenho o mínimo de vergonha na cara!

    VADA A BORDO MARCOS! um de seus top 5!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigado, amiga...
      e pode distribuir à vontade. não cobro copyright.
      bj.

      Excluir
  2. po, de dois posts teus que li, achei os 2 fodas! haha
    Achava que sóoo eu "sorria pra agradar" e sentia aquela dor nas bochechas por um longo teempo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigado, Duda...
      e, olha, acho q todos costumam sorrir para agradar, mas poucos assumem isso.
      bj.

      Excluir
  3. Que ruim que é agradar quando nada daquilo te dá vontade de sorrir com prazer!

    ResponderExcluir
  4. Pois é, entrei no seu blog através do Exodus. Rir agora de que? Só pensando num futuro próximo....

    ResponderExcluir