quarta-feira, 21 de março de 2012

a quem detém o poder, tudo é permitido


quando uma Mercedes-Benz SLR McLaren, que pode chegar a 300 km/h, choca-se com uma bicicleta conduzida por um pobre coitado, não há nenhuma dúvida de quem vai levar a pior: o pobre coitado, claro.

e foi o que aconteceu com Wanderson. Testemunhas contaram que o tórax do ciclista se abriu ao meio, o coração dele foi parar dentro da cabine do motorista e seu corpo foi totalmente dilacerado.

o motorista em questão é filho do homem mais rico do Brasil. E o homem mais rico do Brasil afirmou, em entrevista para a Mônica Bergamo, na Folha, que o acidente ocorreu por imprudência do ciclista. E acrescentou que a imprudência do ciclista poderia ter matado o seu filho, argumentando que "o pedestre, no lugar errado, se torna a arma letal para quem está dentro do carro."

em resumo: o homem mais rico do Brasil, antes mesmo da conclusão das investigações, já exime o filho de qualquer culpa e acusa o ciclista. 

(se for assinante do UOL ou da Folha, leia a entrevista completa aqui)

não sei de quem foi a culpa no acidente.

só sei que quando uma Mercedes-Benz SLR McLaren, que custa mais de 1 milhão de dólares, choca-se com uma bicicleta conduzida por um pobre coitado, não há nenhuma dúvida do que vai acontecer: NADA.

ou alguém aí acredita que se fosse considerado culpado o filho do homem mais rico do Brasil receberia algum tipo de punição?

no Brasil é assim: a quem detém o poder, tudo é permitido. E se Thor, o personagem da Marvel, enfrentou até Hércules, qual mortal pode com ele?

Nenhum comentário:

Postar um comentário