segunda-feira, 9 de abril de 2012

continuo fumando ou vou para Buenos Aires?


na primeira semana de abril, a marca de cigarros que eu fumo saltou de R$ 4,75 para R$ 6, um aumento de 25%.

fiz as contas.

de hoje até 31 de dezembro faltam 265 dias para acabar o ano. Se, nesse período, eu fumar um maço de cigarros por dia, a R$ 6 cada um, gastarei R$ 1.590 em baforadas.

com esse valor, eu poderia ir até Buenos Aires – e ainda sobraria um bom dinheiro para comer muitos alfajores.

dizem que “fumar é burrice”, “fumar é jogar dinheiro fora”.

não é, não. Fumar é vício. Burrice é pular de barriga na piscina E “jogar dinheiro fora” é comprar algo inútil como um “quebrador de ovos”, por exemplo. Acredite: isso existe. Veja com os seus próprios olhos.

o Dráuzio Varella deve estar comemorando esse aumento. Os não fumantes também. E ninguém parece ficar revoltado. Ao contrário, apóiam. Até os fumantes, que se sentem culpados e envergonhados por continuar fumando após tantos avisos de perigo.

penso o seguinte: se eu quiser seguir fumando, eu sigo. E fico revoltado, sim, com esse aumento extorsivo. Querem me obrigar a parar de fumar. Mas, como não podem me internar à força, como fizeram com os craqueiros, atacam o meu bolso.

olha, houve um tempo em que o mundo era um lugar muito mais divertido. E as pessoas preferiam viver a passar a vida tentando evitar a morte.

infelizmente, esse tempo passou. E, agora, devido aos meus parcos rendimentos, vou ter que decidir se continuo fumando ou vou para Buenos Aireis comer alfajores.   

Nenhum comentário:

Postar um comentário