quarta-feira, 11 de abril de 2012

a gravidez de anencélafos


não entendo pessoas que têm essa mania feia de se intrometer na vida alheia, querendo que os outros obedeçam às suas vontades, crenças, ideologias ou o que for.

juro. Não entendo.

enquanto os ministros do STF julgavam a descriminalização da interrupção de gravidez de anencéfalos, do lado de fora do prédio manifestantes pressionavam para que essa prática continue sendo crime.

por que, hein? por que cada um não vai pra casa cuidar da própria vida? Está faltando louça pra lavar?

se você é contra, ok. Respeito a sua opinião. Mas que tal você também respeitar aqueles que decidem interromper a gravidez?

eu não sei o que faria numa situação dessa. Por isso, a única coisa que defendo aqui é o direito de cada um decidir.

e é isso que está em julgamento no STF.
 

3 comentários:

  1. marco, eu sou sempre pro=livre=arbitrio! que cada um cuide da sua vida e arque com as consequencias! e sim, falta louca pra lavar...

    ResponderExcluir
  2. Pois é, Marcos. Para os mandões de plantão, respeito é via de mão única. A mesma mão que empunha um dedo apontado em direção ao nosso nariz. Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. como diria minha amiga fal azevedo, se vc é contra cassinos, não jogue; se é contra aborto, não faça; se é contra o casamento homossexual, não case com um.
    o pior é saber que essa necessidade de dizer como o outro deve viver vai das grandes questões às sutis e pequeninas.
    falando nisso:
    http://youtu.be/S1JRSAyhbMI

    ResponderExcluir