domingo, 13 de maio de 2012

pegou emprestado, devolve, porra!


tem uma coisa que eu nunca entendi. O que faz um sujeito que eu nunca vi mais gordo na vida sentir-se no direito de me interpelar no meio da rua e me pedir um cigarro?

- ei, arruma um cigarro, aí, moço!

não, eu não arrumo porra nenhuma. Cigarro custa dinheiro (um bom dinheiro!). E para eu conseguir descolar algum dinheiro, preciso cortar um dobrado, plantar bananeira, engolir sapo, suar a camisa, baixar a cueca.   

ao negar o cigarro, o sujeito ainda faz cara feia e resmunga, como se eu fosse obrigado a ceder-lhe o que é meu; como se, entre fumantes, houvesse espécie de “pacto da boa vizinhança” e devêssemos um colaborar com o vício do outro.

devemos coisa nenhuma! Quer fumar? Problema seu. Sustente-se!

outra coisa que eu nunca entendi são sujeitos que pegam algo emprestado (dinheiro, livro, disco, o que for) e nunca o devolvem.

- ei, eu emprestei. Não doei, não, viu!

esse papo de “devo, não nego; pago quando puder” é filhadaputice. Pegou emprestado, devolve, porra! De preferência, sem que o outro precise cobrar. É mais digno.

certa vez, emprestei 600. O devedor me devolveu 300. E o restante simplesmente desapareceu na poeira do tempo. Deixei pra lá. Nunca cobrei. Mas o devedor, algum tempo depois, na maior cara-de-pau, veio me pedir outro empréstimo. 

- e aqueles 300 que você ainda me deve?

- eu te paguei.

- pagou não.

- putz, pensei que tivesse te pagado. Acho que esqueci...

assim é: quem "esquece" é sempre quem pegou emprestado. Por que será?     

3 comentários:

  1. SIM! SIM! SIMMMMM! me senti representada pelo texto!

    agora quando eu empresto livro (trato-os melhor do que trato muita gente!), aviso a pessoa da data que quero de volta... na verdade, na maioria das vezes a pessoa "esquece"... acabo que ja compro outro entao...

    ResponderExcluir
  2. Caras de pau são assim mesmo: se acham possuidores de crédito ilimitado. Só que os que se dispõem a ajudá-los não tem a paciência ilimitada. Um abraço, Marcos.

    ResponderExcluir
  3. Idem ibidem.

    Cara feia quando se nega um cigarro me deixa simplesmente revoltada!

    Eu só peço cigarro em casos urgentes e ainda fico com vergonha...e depois recompenso! É o mínimo!

    ResponderExcluir