sábado, 2 de junho de 2012

a moda agora é ser gay


Parece estupidez. E é.

De uns tempos pra cá, toda vez que a imprensa noticia avanços conquistados pela comunidade LGBTT, surgem inúmeros comentários do tipo: “a moda agora é ser gay”.

Alguns desocupados de miolo mole vão além: “argumentam” que vai chegar o dia em que todo mundo “será obrigado a virar gay”.

Olha, ser gay não é moda, não. É condição. Assim como a estupidez de quem fala asneiras desse tipo.

E ninguém é ou será obrigado a virar gay – a não ser, claro, que se descubra gay. Aí, pode assumir que será bem-vindo na comunidade.

Também não há porra de “ditadura gay” nenhuma no Brasil. Muito pelo contrário. Nós é quem somos agredidos e cerceados pela mão de ferro dos "bolsonarossauros".     

O que há hoje, acredito eu, é um debate mais amplo, lúcido e aberto na sociedade sobre as questões homossexuais. Talvez estejamos vivenciando a culminância de uma luta que vem de longe. Talvez tenha chegado o momento de os homossexuais, enfim, conquistarem os seus direitos plenos.

Esse debate, claro, reverbera nos meios de comunicação e de produção audiovisual. Exemplo: faz um bom tempo que as novelas da Globo incluem personagens gays em suas tramas. Em “Cheias de Charme”, tudo indica que Sidney (Daniel Dantas) é gay. Em “Avenida Brasil”, através do personagem Roni (Daniel Rocha), parece que o autor, João Emanuel Carneiro, vai discutir a homossexualidade no futebol.   

Estamos em evidência, conquistamos maior visibilidade e é isso que está provocando essas reações cretinas e histéricas.

Se, antes, obedecíamos à intolerância e vivíamos escondidos em guetos, agora não mais. Agora, mostramos a cara e reivindicamos igualdade. E existem os trogloditas que não se conformam com tal desobediência, assim como ainda existem trogloditas que não se conformam com a emancipação feminina.

Se você é da laia dos que acreditam que os gays querem dominar o mundo, é melhor rever os seus conceitos e escolher o lado certo desse embate para não ser ultrapassado e engolido pela história. Avançamos e isso não tem volta. Avançaremos ainda mais e você, com sua cabeça dinossauro, vai virar entulho.

Por fim, saiba que nós não queremos acabar com a humanidade. Queremos torná-la mais justa. Não queremos dominar o mundo. Queremos apenas fazer parte dele. 

Pense nisso.
     

3 comentários:

  1. Perfeito o uso do verbete: "Condição", e sópara economizar comentários não há como não agradecer por suas novas crônicas, sempre ótimas.

    A da mulher e as flores é absurdamente boa, impecável.

    ResponderExcluir
  2. Você é foda, meu caro! Se não fosse gay, seria meu.

    ResponderExcluir
  3. isso tá virando uma viadagem sem tamanho...bom que sobra mais mulher

    ResponderExcluir