segunda-feira, 30 de julho de 2012

por um fio


Estar por um fio não é coisa boa. É congelar naquele instante que antecede, quando tudo fica em suspense, sem definição.

Será que...

Pode ser notícia boa ou má, não importa. Estar por um fio é ficar à mercê de algo, à espera de uma solução, decisão, resolução.

Estou assim: por um fio. 

Não sei o que vai acontecer. O que vou encontrar na próxima esquina. Aguardo. E esse aguardar me consome, leva embora o meu sono, faz eu andar de um lado para o outro sem conseguir estacionar minha agitação.

Prefiro respostas rápidas, mesmo que doloridas. Prefiro morrer logo do que ficar vegetando numa cama de hospital. Prefiro o não ao talvez.

O talvez me deixa por um fio, a ponto de desistir.  
 

Um comentário:

  1. Obrigada pelo seu blog!
    De alguma forma estranha, ele me traz conforto... Em pensar que talvez alguém tenha sensações parecidas com as minhas...

    ResponderExcluir