quarta-feira, 22 de agosto de 2012

uma igreja em cada quarteirão

Observe o nível dos candidatos a prefeito de São Paulo. E olha que não estou falando de Pindamonhangaba, mas da maior e mais importante cidade da América Latina. 

Em sabatina Folha/UOL, Celso Russomano, que lidera a disputa com 31% das intenções de voto, disse que gostaria de ver “uma igreja em cada quarteirão” da cidade “pregando o amor ao próximo”. Para o candidato, a religião é capaz de evitar que as pessoas cometam crime. 

Porra, Russomano, e a educação? Não é capaz? 

São Paulo, como todo o Brasil, precisa é de escola de boa qualidade, de bons professores, e não de mais igrejas picaretas higienizando as pessoas. 

A gente precisa de instrução, não de pregação; de conhecimento, não de obscurantismo; de capacidade de pensar, não de padres e pastores impondo suas crenças.

Ai, ai... depois ainda brigam comigo quando declaro voto nulo.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário