terça-feira, 27 de novembro de 2012

Não estou para ninguém


Este blog anda abandonado às moscas. Devagar, quase parando. É que bateu preguiça, uma falta de vontade atroz de escrever sobre qualquer coisa. É a mesma falta de vontade que fez eu deixar o Twitter de lado e só de vez em quando acessar o Facebook.

Ultimamente, não estou para ninguém – nem aqui (na internet), nem fora daqui (na puta que o pariu).

Pior que falta do que fazer, é falta de vontade de fazer.

Sim,milhares de coisas que eu podia fazer agora, neste exato momento. Podia ir ao cinema ou jantar fora ou encontrar os amigos. Podia viajar ou ir chupar sorvete na praça ou sair pela cidade estapeando os chatos. Podia... Mas cadê vontade?

Não sei. Escafedeu-se por aí. Quando ela reaparecer, volto.

4 comentários:

  1. Que a vontade de novo floresça, e enquanto isso que sua "ausência" seja prazerosa e que você seja uma boníssima companhia para si mesmo.

    ResponderExcluir
  2. Eu tbm vivo sem vontade.Fico me perguntando se é preguiça ou a depressão me assolando de novo pq a tempos parei de tomar remédio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rob, sabe que também me faço essa mesma pergunta.

      Excluir
  3. Tenho me sentido exatamente assim. Parece um parto se obrigar a levantar, trabalhar etc. Mas acho que a gente tem que se permitir um pouco disso.

    Espero que sua vontade volte logo ;)

    Beijos!

    ResponderExcluir