quarta-feira, 3 de julho de 2013

A esmo


Foi ao cinema de tarde
assistir a um filme do Brad Pitt.

Comeu pipoca
bebeu Coca-Cola.

Não gostou do filme.

Andou sozinho pela cidade
com um grande fone de ouvido cobrindo-lhe as orelhas.

Ouvia Brittany Howard no volume máximo
para não ouvir seus pensamentos.

Andou e andou e andou e...
cansou.

Parou
mas sabia que não podia parar.

Telefonou para Marcelo:
caixa postal.
Telefonou para João:
“não posso”.
Telefonou para Ângela:
“estou ocupada”

Telefonou, enfim, para a mãe:
“filho, você está com seu casaco? Acho que vai esfriar”

Desligou o telefone.

Entrou numa livraria
folheou livros e mais livros e mais livros...

Entrou em uma loja de roupas
pediu para ver todas as camisas
não comprou nenhuma.

Entrou em um café
tomou café.

Na rua, o mendigo veio lhe pedir dinheiro
ele pediu ao mendigo que lhe contasse sua história antes.

É uma história longa” – avisou o mendigo.

Fez um trato com o mendigo:
“eu compro uma garrafa de pinga pra você e você me conta sua história longa”.

O mendigo aceitou o trato
mas assim que pegou a garrafa de pinga
correu saltitante para longe.

Ele, a esmo, voltou apressado ao cinema
para assistir de novo ao filme do Brad Pitt.

Nenhum comentário:

Postar um comentário