domingo, 7 de julho de 2013

Morrissey e a "plateia superior com visão parcial"


Em entrevista para o jornal chileno La Tercera, Morrissey, que se apresenta no Brasil em julho/agosto e passou por graves problemas de saúde recentemente, disse que a morte não o preocupa: “Seria melhor morrer no palco do que em um sofá coberto de migalhas de pão.”

Eu ainda não “vi a cara da morte”, como cantava Cazuza em Boas Novas (“Senhoras e senhores/ Trago boas novas/ Eu vi a cara da morte/ E ela estava viva”), mas planejo morrer subitamente. Tipo: ploft. “Cadê o japonês?”. Ih, já era.

Morrer é preciso. Então que seja morte sem drama.

Antes, porém, queria assistir ao show do Morrissey. Fui verificar o preço dos ingressos. O mais caro custa R$ 520. Olha, se algum dia eu pagar esse valor por um show pode chamar o hospício porque na certa enlouqueci. Com esse dinheiro, compro comida, chocolate e iogurte para o mês inteiro. E ainda sobra algum para o cigarro. 

Como sou pobre, procurei pelo ingresso mais barato: R$ 100 na “plateia superior com visão parcial” (Credicard Hall, São Paulo). Opa! R$ 100 eu posso! Mas algo me intrigou: visão parcial? O que significa isso? Fui ver.

No site do Tickets for Fun, empresa que comercializa os ingressos, encontrei o “mapa de assentos do evento”. Procurei pela tal “plateia superior com visão parcial” para saber onde ficarei caso resolva ir ao show.

O espaço é subdividido assim (do mais caro ao mais barato): Camarote Setor 2, Pista Premium, Pista, Plateia Superior 1, 2 e 3. Mas cadê a porra da “plateia superior com visão parcial”? Não tem. Simplesmente não tem. O mapa não indica que lugar misterioso é esse. Ou seja, pode ser qualquer lugar entre o banheiro e a cozinha, de onde talvez eu só consiga ver os pés e as canelas do Morrissey.

R$ 100 para ver os pés e as canelas do Morrissey, hum, melhor não. 

Cobrar R$ 100 por um lugar com “visão parcial” do show já acho pilantragem. Melhor nem vender. Não indicar no mapa o lugar é coisa de filho da puta. Porra, não é porque sou pobre que não mereço saber o que estou comprando!

É por essas e outras que o Brasil é o que é: um país sem-vergonha onde quem tem grana é tratado com deslumbramento e quem não tem que se foda.

Desculpaí, Morrissey, mas acho que vou morrer em um sofá coberto de migalhas de pão. É tudo que me resta neste pântano que chamam de país.
        

2 comentários:

  1. Nossa eu tb to pensando a mesma coisa , só q eu queria ver o show de outra pessoa , falaram pra mim q visão parcial é horrível , fica do lado direito ou esquerdo do palco , vc vê o perfil do cantor , vou te passar o link para ver onde é essa ``visão parcial``

    http://www.google.com.br/imgres?imgurl=https://premier.ticketsforfun.com.br/dbimages/sfx98.jpg&imgrefurl=http://pictures-demi.blogspot.com/2012/03/datas-do-show-da-turne.html&h=525&w=760&sz=44&tbnid=jvtk-hgRbJOfgM:&tbnh=86&tbnw=124&zoom=1&usg=__cpfbUfTr67zh_fvhxRSh5S5jzIc=&docid=GFNmCytbHj9KPM&sa=X&ei=skISUrHYO-LC2QX8koG4Cg&ved=0CEAQ9QEwAw&dur=329

    ResponderExcluir
  2. A visão parcial são todos os lugares da primeira fila da plateia superior 3! É otimo o lugar, o "parcial" é uma mureta de vidro que fica na altura da cintura, que quando se senta na poltrona, fica na altura dos olhos, porem é de vidro, é possivel ver o show inteiro de lá! Fui no show da Alanis Morissette e ví tudo, e melhor sem nenhuma cabeça na minha frente, sem neguinho levantando o tempo todo durante o show, é a primeira fila!

    ResponderExcluir