domingo, 4 de agosto de 2013

Ventania - o filme

Foi uma experiência incrível. Pela primeira vez, vi um texto que escrevi ganhar movimento, som, cores, dramatização.

“Ventania” era um punhado de palavras, virou curta-metragem. E sábado fui até Santos assistir ao lançamento do filme.

Escrevi “Ventania” há uns dez anos. Nem lembrava mais dele. Mas Márcia, minha amiga, sim. Márcia guardou o texto na memória e em uma de suas mil gavetas cheias de ideias.

Sábado, conheci a equipe responsável pela realização do curta: Rodiney Assunção (direção), Bru Quevedo (roteiro e produção) e Cid Marcos Lima (áudio). Os personagens da história – mãe e filho – foram interpretados por Márcia e Thyago Salles.

É uma turma entusiasmada, que acredita naquilo que faz, e o faz com dedicação, capricho e empenho. Fazer aquela sacola plástica voar foi um feito e tanto!

Se a história é boa? Se o curta ficou legal? Assista aqui e entenda como quiser, ache o que bem entender. Eu já gostava antes mesmo de ter visto.

A mim, agora, só interessa agradecer a Márcia e a seus amigos. Assistir “Ventania” foi dessas alegrias que acariciam a alma. 
 

Um comentário:

  1. adorei fazer, pelo texto antigo, para matar a saudade e pq é ótimo fazer coisas assim... malucas :) Mais uma vez obrigada por ter vindo... adorei! bjo

    ResponderExcluir