terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Além da Fronteira - o filme


Se é verdade o que vemos no filme Além da Fronteira (Out in The Dark, 2012), do diretor Michael Mayer, na Palestina não há a menor chance de o cara ser gay e ser aceito como gay. Se é, ou vive para sempre "no armário" ou se manda logo dali.    

Além da Fronteira narra a história de amor entre o palestino Nimr e o israelense Roy. É uma bonita história de amor que a gente sabe, desde o início, que não vai acabar bem. Naquele lugar movido à intolerância, o que vai determinar o futuro dos dois rapazes é o eterno conflito entre árabes e judeus.

O Brasil, claro, não é a Faixa de Gaza. Aqui, ainda podemos respirar. Mas, mesmo aqui, quantos gays não são "impedidos" de amar por medo de serem rejeitados pela família, como acontece com Nimr? Quantos gays não são "ameaçados" todos os dias por olhares furiosos de reprovação?

Toda vez que assisto a filmes como Além da Fronteira, sinto uma vergonha danada de pertencer à mesma espécie desgraçada que vigia, proíbe, reprime, mata o outro só porque o outro é o outro.

Nimr e Roy somos todos nós que, muitas vezes, temos que nos esconder para simplesmente amar. AMAR. Nada além disso. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário