sábado, 20 de dezembro de 2014

Meus tempos de ansiedade

Estou lendo Meus Tempos de Ansiedade, do americano Scott Stossel (Companhia das Letras, 2014). É um calhamaço com mais de 500 páginas. Ainda estou na metade da leitura, na página 237, mas já indico para quem estiver interessado em saber mais sobre a ansiedade.

A partir de sua própria vivência com essa doença, Stossel reúne informações preciosas sobre a ansiedade, unindo ciência, história e autobiografia. O autor faz um relato íntimo bem-humorado e corajoso, assumindo logo de cara que tem "uma lamentável tendência para vacilar em momentos cruciais" (esta é a frase que abre o livro).   

Citando de Hipócrates e Platão a Freud e Camus, passando por Espinosa, Kierkegaard e Darwin, ele narra a história dos esforços de cientistas, filósofos e escritores para entender esse mal que aflige grande parte das pessoas.

Só pra você saber, há 35 anos a ansiedade ainda nem existia como categoria diagnóstica. Hoje, é o mais comum distúrbio mental oficialmente classificado.

No livro, Stossel apresenta todas as visões sobre a ansiedade, da médica à filosófica, das mais antigas às mais atuais. Vale dizer que a doença permanece uma incógnita. Trata-se, afinal, de um estado espiritual, de um distúrbio neuroquímico, de um trauma psicológico ou de uma questão intelectual?

As possíveis respostas estão todas no livro. Vale a leitura.

3 comentários:

  1. O link do meu blog http://esquizofreniapsicose.blogspot.com
    Se quiser pode adicionar no seu.
    O meu conselho em relação a sua ansiedade é entrar pela porta estreita

    ResponderExcluir
  2. obrigada pelas dicas de adaptação do Exodus. Só persisto pelo q li aqui. O médico de poupou dessas infos... ferrou meu reveillon!

    ResponderExcluir
  3. Mais um com o Reveillon Ferrado ...imagine o restante do ano .... Isso é o diabo ! ...Um Inferno...Bem vindo ao vietnã

    ResponderExcluir