terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Time

Lá no tempo passado, quando ouvia “Time”, música do clássico álbum The Dark Side of the Moon (1973), do Pink Floyd, a letra dessa canção não fazia muito sentido para mim. Eu era jovem e não me importava nem um pouco em “desperdiçar as horas”.

Você é jovem, a vida é longa
E há tempo para desperdiçar

Só que:

Um dia você descobre
Que dez anos ficaram para trás
Ninguém lhe disse quando começar a correr
Você perdeu o tiro de partida

E passado o tempo:

Você corre e corre atrás do sol
Mas ele está se pondo
Fazendo a volta para nascer outra vez atrás de você
O sol é relativamente o mesmo
Mas você está mais velho
Com menos fôlego e um dia mais perto da morte

Assim é:

Cada ano vai ficando mais curto
Parece não haver tempo para nada
Planos que dão em nada
Ou meia página de linhas rabiscadas

E de repente:

O tempo se foi, a música terminou
Pensei que eu tivesse algo mais a dizer

Eu também pensei.

Nenhum comentário:

Postar um comentário